Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de agosto de 2017. Atualizado às 23h57.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

infraestrutura

Notícia da edição impressa de 11/08/2017. Alterada em 10/08 às 20h48min

Dnit recebe área para construção de acesso à nova ponte do Guaíba

O governo do Estado concluiu, nesta quinta-feira, uma nova etapa para a construção das alças de acesso para a nova ponte do Guaíba, transferindo áreas da extinta Companhia de Habitação do Estado (Cohab) ao Departamento de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O terreno de 21.031 metros quadrados, em Porto Alegre, é avaliado em R$ 4,2 milhões.
Conforme o projeto do Dnit, a primeira etapa após a assinatura é concluir o reassentamento, que deve beneficiar cerca de 460 famílias da ocupação irregular da Vila Tio Zeca no entorno da obra, e, adiante, concluir o acesso para liberar o tráfego.
"A regularização fundiária é essencial para essas pessoas terem autoridade sobre o lugar que moram. No que depender do governo do Estado, iremos ajudar também na desburocratização do licenciamento ambiental, desde que se mantenha a proteção ao meio ambiente", disse o governador José Ivo Sartori, que também assinou outras transferências para os municípios de Porto Xavier e Horizontina.
O secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira, lembrou que a ação faz parte do programa Destrava RS. "Essa é apenas mais uma etapa do programa, que representa um grande volume em recursos para fazer com que essa construção aconteça", afirmou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia