Chope de vinho ganhou o nosso coração Chope de vinho ganhou o nosso coração Foto: Roberta Fofonka/Especial/JC

Seis produtos e atrações inusitadas que encontramos na Expointer

Tem gente que ama, tem gente que evita. Mas uma coisa é certa: a Expointer é um antro de artigos interessantes reunidos em um mesmo lugar. Para quem, como nós, adora andar por aí atrás de novidades, é quase um parque de diversões. Destacamos aqui algumas curiosidades que só a Feira mesmo para desvendar. Vamos a elas:

1. Cerveja de mel artesanal
Roberta Fofonka/Especial/JC
SIM. Isso existe e é feito pelo Apirário Assis Brasil, em Barão de Cotegipe-RS. Não achamos para vender, mas como produto exposto na parte de Apicultura do Salão do Empreendedor. De toda forma, vale a pesquisa para experimentar.
2. Farinha de trigo com erva-mate
Roberta Fofonka/Especial/JC
Ah, o gaúcho, este povo maroto que às vezes adora dar um toque regionalista nas coisas que faz. Desta vez, o Moinho Sangalli, de Encantado-RS, lançou a Farimate, farinha de trigo enriquecida com erva-mate para incrementar o valor nutricional. (Ela não é verde, tá? Mas tem uns floquinhos.)
3. Farinhas feitas de casca e de semente de uva orgânica
Roberta Fofonka/Especial/JC
Seguindo no tema dos farináceos, achamos estas feitas de semente e de casca de uva orgânica, da marca Uva'Só. Com uma textura bem fininha, a recomendação é usar em misturas para bolos ou tapiocas. Você não imagina o cheiro que a de casca de uva tem. Inebriante, 100g custa cerca de R$ 15,60 no varejo. A marca tem óleo feito de uva também, todos direto do interior de Garibaldi-RS. 
4. Chope de vinho
Roberta Fofonka/Especial/JC
Parem as máquinas. Faz 12 anos que o chope de vinho vai para a Expointer e nós só descobrimos agora. Sucesso entre nossos vizinhos de Curitiba, o chope roxo tem um gosto incrível, daquelas bebidas que parecem inofensivas até que você sente os 5,5 ml de álcool na corrente sanguínea. Aliás, a marca está a procura de distribuidores para iniciar operações no Rio Grande do Sul. #ficadica
5. Oficina móvel 
Roberta Fofonka/Especial/JC
Criada pelo engenheiro mecânico aposentado Everton Falcão, de Sapucaia-RS, a oficina móvel é estreante na Feira. Com uma base para agregar máquinas como esmeril e outras utilidades, seu criador sustenta que pode ser erguida por guindaste e levada para qualquer lugar.
6. Degustação às cegas de receitas com produtos locais
Roberta Fofonka/Especial/JC
O Senac e o Sebrae promovem todos os dias, às 18h, no Espaço Gastronômico do Salão do Empreendedor, uma degustação às cegas com receitas a partir dos sete segmentos alimentícios produzidos no Rio Grande do Sul: azeites, carnes, queijos, derivados lácteos, vinhos, espumantes e mel. A atividade é gratuita, só chegar e se inscrever. E inesquecível, também. 
Gostou? Aproveita que a Feira vai até domingo, dia 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio