Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 11 de agosto de 2017. Atualizado às 00h02.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

10/08/2017 - 23h50min. Alterada em 11/08 às 00h03min

Santos é dominado pelo Atlético-PR, mas vence por 1 a 0 e avança na Libertadores

Atletico de Matheus Rossetto (d) pressionou a partida toda, mas não conseguiu vencer o Santos de Lucas Lima (e)

Atletico de Matheus Rossetto (d) pressionou a partida toda, mas não conseguiu vencer o Santos de Lucas Lima (e)


NELSON ALMEIDA/AFP/JC
O Santos foi pressionado, viu o Atlético Paranaense dominar os 90 minutos em plena Vila Belmiro nesta quinta-feira (10), mas foi preciso para garantir a vaga nas quartas de final da Libertadores. Mesmo com uma fraca atuação, a equipe alvinegra aproveitou rara oportunidade para vencer por 1 a 0, resultado mais do que suficiente para levá-la à próxima fase após o triunfo por 3 a 2 na ida, há um mês, em Curitiba.
Se foi dominado e viu o adversário criar as principais situações de gol, o Santos contou outra atuação inspirada de Vanderlei, mas também do zagueiro Lucas Veríssimo, que tirou um gol certo do adversário em cima da linha. Foi preciso também um pouco de sorte em algumas finalizações atleticanas, como quando Jonathan acertou a trave no segundo tempo. E em um contra-ataque, Bruno Henrique marcou para acabar com qualquer chance de reação do adversário.
O resultado manteve a invencibilidade do Santos nesta Libertadores, mas o time alvinegro não poderá repetir esta atuação se quiser brigar pelo título. Afinal, nas quartas de final vai enfrentar o Barcelona de Guayaquil, que surpreendeu o Palmeiras nas oitavas. O primeiro jogo acontecerá no Equador.
Para o Atlético-PR, a boa notícia foi a ótima atuação da equipe, que se beneficiou da estratégia traçada por Fabiano Soares, pressionou o adversário e acumulou chances perdidas. Já longe da zona de rebaixamento, o time paranaense volta-se mais uma vez para o Brasileirão, no qual duela com o Bahia domingo, em casa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia