Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 11 de agosto de 2017. Atualizado às 17h47.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

Alterada em 11/08 às 17h52min

Presidente da Eletrobras justifica queda do lucro no segundo trimestre

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, defendeu o desempenho da empresa no segundo trimestre do ano. O lucro líquido foi de R$ 306 milhões, o equivalente a uma queda de 97,5% em relação aos R$ 12,7 bilhões registrados no segundo trimestre de 2016. "A perda, porém, foi influenciada por eventos não recorrentes", ressaltou Ferreira.
No segundo trimestre de 2016, a Eletrobras anotou no balanço o registro relacionado à indenização por ativos anteriores a maio de 2000 não amortizados, conhecidos como Rede Básica Sistemas Existentes (RBSE), o que inflou os resultados do período.
"No ano passado, depois de anos de luta, reconhecemos num único lançamento o valor da RBSE. Estamos falando de um evento absolutamente não recorrente. Se não tiver o cuidado de descontar (do resultado), vamos fazer essas conclusões incorretas. No período que estou aqui, pelo menos, é o melhor resultado da companhia, e faz tempo que não tem igual", afirmou Ferreira, em coletiva de imprensa para comentar os resultados financeiros da empresa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia