Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de agosto de 2017. Atualizado às 16h43.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Dom Jaime Spengler

A voz do Pastor

Notícia da edição impressa de 10/08/2017. Alterada em 09/08 às 21h41min

Vocação

Durante o mês de agosto a comunidade de fé é convidada a refletir a temática das vocações. "A vocação é fruto que amadurece no terreno bem cultivado do amor uns aos outros que se faz serviço recíproco, no contexto de uma vida eclesial autêntica. Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si", diz Papa Francisco.
Todos nós desejamos uma vida bem vivida; almejamos uma vida com sentido. Nossas buscas, nossos projetos, nossos sonhos se sustentam a partir de um horizonte de vida sólido. A pergunta sempre necessária é: o que significa uma vida, uma existência com sentido? A partir de onde se encontra sentido para a própria vida? Aqui certamente se expressa o nobre, digno e necessário serviço junto, especialmente, a nossos adolescentes para orientar, dialogar e auxiliar; afinal, perceber qual o caminho de vida que vem de encontro às tendências, dotes e mesmo necessidades pessoais nem sempre é tarefa fácil.
Uma história pertencente à tradição hebraica pode auxiliar na compreensão dos desafios característicos quando da necessidade de realizar uma opção de vida. Diz a história: "Um certo rabi procurou seu mestre, suplicando-lhe: 'indicai-me um caminho universal para o serviço a Deus'. O mestre respondeu: 'não se trata de dizer ao homem qual caminho deve percorrer: porque existe uma estrada através da qual se segue a Deus por meio do estudo; outra, por meio da oração; e outra por meio do jejum; e ainda outra comendo! É tarefa de cada homem conhecer bem na direção de qual estrada o atrai o próprio coração e depois escolher aquela estrada com todas as forças'".
A pessoa humana é única! Ela possui uma tarefa intransferível. Cada ser humano é convocado a testemunhar a sua "irrepetibilidade". Para isso, se faz necessário o conhecimento de si mesmo, das próprias qualidades e tendências essenciais. Considerando esse conjunto de elementos, é possível sondar um possível caminho de vida.
A escolha desse caminho requer muito mais que a opção por uma determinada profissão. Profissão tem a ver com preparação técnica, competência, eficiência produtiva, ganha-pão, função social, status, reconhecimento externo. Tudo isso pressupõe decisão e realização pessoal, chamado interior, paixão, amor e gosto pelo que se faz; ou seja, pressupõe vocação. Partindo da história da tradição hebraica, pode-se perceber que o "serviço de Deus" requer muito mais que somente profissionalismo. Ela exige escuta do próprio coração, para conhecer bem na direção de qual estrada ele o atrai.
A vocação se orienta eminentemente para um futuro. Ela se realiza sim no presente, mas orientada para um futuro. Por isso, pode-se afirmar que vocação é uma tarefa em constante realização. Da profissão nos aposentamos! Já aquilo que denominamos vocação perpassa todas as fases da existência.
A escuta do próprio coração requer sintonia, escuta e disposição para acolher aquilo que a vida solicita. Escuta e compreende tal solicitação quem cultiva a afeição, a cordialidade, o respeito pela própria condição. Para a fé cristã nossa condição é de filhos e filhas, seguidores e seguidoras do Senhor, Caminho, Verdade e Vida.
Oxalá os adolescentes e jovens, auxiliados pelos pais, professores, pedagogos, pessoas de estatura autenticamente humana, saibam e possam corresponder à vocação recebida e serem no mundo cooperadores do Senhor na construção do seu Reino!
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 10/08/2017 10h57min
Perdão!!!nPEDOFOLIA nAbs. Dorian Bueno
Dorian R. Bueno 10/08/2017 10h30min
Meu grandioso Deus, de coração eu Tchê agradeço por todos os seus ensinamentos diários, por sua misericórdia, pela a minha linda Família, minha saúde, meu trabalho, por me inspirar com suas palavras para compor louvores e escrever crônicas para os Amigos aqui da terra, pelos meus olhos para ver o caminho certo, pela a inteligência da minha mente para decifrar corretamente o que leio por ai, pelos os meus ouvidos para aprender escutar bem mais a palavra correta, o entendimento do que é certo e errado, que eu tenha sempre mais humildade, que eu possa viver com dignidade, e através desta minha Oração desejo que o Senhor Abençoe todos os Irmãos jornalistas do Jornal do Comércio com a sua maravilhosa benevolência, e dentro do possível com muita paciência quero junto com o meu Amor, prosperar na Paz do Senhor, Amém !!!nQuero ser sempre abençoado pelo o Senhor para ter inspiração suficiente, preencher este pequeno espaço como se estivesse escrevendo para uma coluna de jornal, e divulgar este lindo texto. Unificando as idéias através destas singelas e sinceras palavras, quem sabe posso buscar justamente uma vida melhor para mim livremente. Invisto diariamente na reconquista do amor que sinto pela mulher que amo, para não deixar dúvidas e fortalecer a relação a cada amanhecer. Não quero deixar as palavras bloquearem a minha mente, e muito menos deixar de escrever o que penso com sinceridade por ai, para os meus AMIGOS de muitos BLOGS. Zoar e humilhar as pessoas, não é uma tática justa, legal, para tentarmos conseguir os nossos objetivos e seguir em frente em busca das nossas vitórias, sejamos inteligentes. Enquanto estiver nesta vida, quero aprender a ser menos afobado como o time Colorado, ansioso, explosivo, mas aprender a ser muito mais calmo caridoso e compreensivo. Livremente vou seguindo o meu caminho, respeitando as pessoas, e desta forma sempre conquistando muito mais amigos através das palavras que escrevo com amor e feliz. Inter ou Grêmio para mim são como Série A e B, mas não como feijão, arroz, leite, café, homem, mulher, filho, irmão, amor e fé, doença e cura, estes são melhores, nos fazem crescer muito diariamente através do que podemos e merecemos. Nunca mais quero olhar para trás e ver quantas coisas eu fiz de errado tentando acertar, Ainda que bem aprendi a olhar para frente cada vez mais, e seja o que DEUS quiser. Hoje estou aqui mais uma vez feliz, tentando ser útil para os amigos, escrevendo este acróstico bitolado de QUINZE quem sabe TRINTA LINHAS, que não sei se será lido. Amor, amizade, paciência, bondade, honestidade, solidariedade, não combinam com fome, inveja, orgulho, mentira, rancor, injustiça, violência, inflação, soberba, maldade, pedefolia, bullying, racismo, impeachment, marginalidade, CPI, LAVA JATO, etc. Seja o que for possível e que nosso coração possa falar lá de dentro bem alto, por que será através deste sentimento, que seremos felizes junto a todos que um dia lerão ou ouvirão o que escrevemos por ai todos os dias pelo computador, celular ou olho no olho. VIVA TODAS AS NOSSAS LIVRES E ABENÇOADAS PALAVRAS DIÁRIAS, AMÉM !!! Abs. Dorian Bueno Google + Plus, POA 09.08.2017 n