Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de agosto de 2017. Atualizado às 23h03.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Notícia da edição impressa de 11/08/2017. Alterada em 10/08 às 15h42min

Linhas, agulha e papel

Ricardo Rodrigues ministra oficina de bordado sobre papel nesta sexta-feira

Ricardo Rodrigues ministra oficina de bordado sobre papel nesta sexta-feira


THIAGO KRANEN/DIVULGAÇÃO/JC
As técnicas clássicas de bordado sobre tecido voltaram com tudo, e ganharam novos suportes para além do bastidor. Um deles é a aplicação sobre papel, recurso utilizado por diversos artistas. Nesta sexta-feira, uma oficina no atelier A Torre (Borges de Medeiros, 453 - sala 48) apresentará técnicas iniciais para interessados em trabalhar com ilustração com linha e/ou preenchimento de fotografias, das 18h30min às 20h. A inscrição custa R$ 50,00 e as vagas são limitadas.
Ministrada por Ricardo Rodrigues, do projeto Experimentos Impressos (selo independente de autopublicação criado em março de 2016 e que já lançou 36 títulos), inclui bate-papo sobre artistas que usam essa forma de expressão, os materiais utilizados (agulhas, linhas e tipos de papel), quatro exercícios de pontos e, por fim, o preenchimento livre de uma imagem antiga. A oficina atua, também, como ferramenta para desenvolver a criatividade na solução de trabalhos gráficos. 
Todo o material, incluindo apostila, será fornecido. O aluno - qualquer pessoa interessada em trabalhar com a técnica, tendo ou não familiaridade com o bordado em tecido - deve levar apenas uma tesoura para corte de linhas.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia