Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de agosto de 2017. Atualizado às 22h58.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

NO PALCO

Notícia da edição impressa de 11/08/2017. Alterada em 10/08 às 15h39min

Homenagem a Martha Graham

Bailarina Marilice Bastos utiliza como elemento base para suas criações os princípios da dança moderna

Bailarina Marilice Bastos utiliza como elemento base para suas criações os princípios da dança moderna


/CLAUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO/JC
Dança Moderna de Martha Graham: encontro do passado com o cotidiano atual em Porto Alegre traz a performance de Marilice Bastos, além do lançamento da videodança À Dor Naciones, finalizada com um bate-papo, aos sábados e domingos. As sessões ocorrem das 15h30min às 17h, no Memorial do Rio Grande do Sul (Praça da Alfândega, s/nº), até 20 de agosto, com entrada franca.
O evento busca preservar a história da dança moderna de Graham. O número expõe a técnica através de um diálogo com o corpo. E a apresentação da videodança contextualiza essa prática na dança contemporânea. Marilice Bastos utiliza como elemento base para suas criações os princípios da dança moderna de Martha Graham, técnica que aprendeu com Nair Moura, aluna de Cecy Frank - pioneira na Capital.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia