Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 16h14.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

Acontece

Notícia da edição impressa de 04/09/2017. Alterada em 01/09 às 21h04min

Introdução da arte moderna

Projeto homenageia Antonio Gutierrez

Projeto homenageia Antonio Gutierrez


PAULO CAPELARI/PAULO CAPELARI/DIVULGAÇÃO/JC
A Galeria de Arte Paulo Capelari (Coronel Bordini, 665) retoma o projeto Sala Especial homenageando o pintor Antonio Gutierrez (1934-2004). A mostra inaugura hoje, às 9h, e permanece aberta até 23 de setembro.
A pesquisadora Marilene Pieta afirma que ele, ao lado de Waldeny Elias, seria o grande responsável pela introdução da arte moderna no Rio Grande do Sul em uma época em que o Estado, ainda acanhado, voltava-se quase exclusivamente à pintura mais acadêmica.
Mestre na técnica hoje pouco conhecida da têmpera a ovo (uma combinação de pigmentos, água, resina e gema de ovo de galinha), Gutierrez dedicava-se, sobretudo, às naturezas-mortas e às paisagens pampeanas, eventualmente com um viés fantástico, entre o surrealista e o metafísico. A visitação ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados das 10h às 13h, até 23 de setembro com entrada franca.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia