Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de julho de 2017. Atualizado às 10h14.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Investigação

Alterada em 13/07 às 10h15min

Polícia Federal deflagra operação em Caxias do Sul e Chapecó contra fraudes no INSS

Os municípios de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, e Chapecó, em Santa Catarina, foram alvos de operação da Polícia Federal deflagrada nesta quinta-feira (13) contra fraudes no INSS. A operação Azkaban, em parceria com a Coordenação-geral de Inteligência Previdenciária da Secretaria de Previdência, tem como objetivo desarticular uma quadrilha especializada em fraudar o benefício de auxílio-reclusão.
Ao todo, mais de 40 agentes estão trabalhando na operação para cumprir oito mandatos de busca e apreensão e condução coercitiva. Os principais crimes investigados são de estelionato contra a Previdência Social, organização criminosa e falsidade ideológica.
A quadrilha atuava nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O grupo falsificava documentos públicos para gerar direito de sacar o benefício. A investigação identificou 28 pessoas envolvidas diretamente com a fraude e pelo menos 500 beneficiários que receberam, irregularmente, mais de 2 milhões de reais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia