Rick Marley e Luan Ramos são sócios do espaço aberto em Porto Alegre Rick Marley e Luan Ramos são sócios do espaço aberto em Porto Alegre Foto: FREDY VIEIRA/FREDY VIEIRA/JC

Barbearia atrai público ao Mario Quintana

Dupla juntou R$ 2 mil para abrir o Studio Na Vibe

Os jovens Ricky Marley Davila Pereira, 21 anos, e Luan Ramos, 26, são os donos do Studio Na Vibe, barbearia que literalmente faz a cabeça dos jovens no bairro Mario Quintana, Zona Nordeste de Porto Alegre. Com uma gama de clientes fiéis, os dois tocam o negócio há mais de dois anos, na estrada Martim Felix Berta, nº 1.943. Além da dupla, Gabriel Brenner, 21, completa o time de profissionais.
Com máquina de cortar cabelo numa mão e tesoura na outra, Ricky e Luan juntaram cerca de R$ 2 mil, alugaram o espaço, compraram duas cadeiras, montaram as bancadas, e pronto. Começaram. E o retorno foi rápido. "Em um mês e meio, bombou", destaca Luan. Eles calculam atender, em média, 25 clientes por dia.
Aos poucos, eles foram introduzindo elementos, como televisão e aparelho de som para manter a trilha sonora enquanto o trabalho rola. Para o calor do verão, também adquiriram um ar-condicionado. A arte que preenche a parede do fundo foi feita por um amigo de Luan, que tem trabalhos de grafite, com foco na rua, espalhados pela cidade.
Essa estrutura faz com que os clientes, ou melhor, amigos, sintam-se em casa. "O clima do salão é bom, bem familiar. A galera gosta. E fora o trabalho que é bom, é diferenciado", ressalta Luan, completando que o trabalho é essencial para quem quer crescer. "Tem que ter algo diferente nesse ramo hoje em dia. Tem muita barbearia, por todos os lados."
O público local é bastante "fiel" aos serviços da Studio Na Vibe. "Têm vários (clientes) que vêm todo sábado. Porque é o dia livre que muitos deles têm também", explica Luan. "Mas temos clientes que já vieram da zona Sul, da Tuca, de Gravataí", lista o barbeiro.
A história de cada um deles com a arte dos cortes de cabelo é um tanto diferente, mas foi em meio às tesouras e navalhas que eles se conheceram. Ricky é o mais experiente quando o quesito é tempo de ofício. "Trabalho desde os 13 anos. Eu cortava em casa e era cliente de um cara ali de baixo, o Baiano. Meu pai era cliente dele e comentou que eu cortava o cabelo de amigos e parentes em casa, daí ele me chamou para trabalhar lá", conta.
Já Luan começou há poucos anos. Isso não o impede, claro, de sentir-se pronto. "Passei uns quatro meses só olhando e aprendendo. No máximo, raspando. Em pouco tempo, já estava afiado, fazendo cortes", lembra.
A onda de clientes fez com que os dois cogitassem abrir uma filial. Pesquisaram espaços, mas ainda preferem deixar esse como um plano para o futuro.
Por enquanto, buscam se manter atualizados e concentrados naquilo que já fazem. Enquanto Ricky participou de cursos - inclusive em outros estados -, Luan pretende realizar, em setembro, a segunda edição de um curso para iniciantes no qual ele é o instrutor. O Studio Na Vibe funciona de terça-feira a sábado, a partir das 10h. O contato pode ser feito pelo fone (51) 99190-3672. 
FREDY VIEIRA/JC
Compartilhe
Comentários ( 3 )
  1. Adilson

    Os caras merecem o reconhecimento, os melhores da zona Norte parabns Rick e Luan eo Gabriel &128074;&128074;

  2. Hitaner

    Na vibe..excelente trabalho,ambiente agradavel.alem de cortes sensacional..recomendo a todos

  3. Gabriel

    Os caras merecem so trabalhadores esforado atendimento top bom papo e profissionais de primeira! Recomendo!

Artigos relacionados
Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio