Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de julho de 2017. Atualizado às 22h42.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Notícia da edição impressa de 17/07/2017. Alterada em 16/07 às 21h24min

Vitória reduz distância para o líder

Barrios anotou dois tentos para o Grêmio

Barrios anotou dois tentos para o Grêmio


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
A chance de diminuir a vantagem para o líder Corinthians foi aproveitada na tarde de ontem. Mesmo saindo atrás do marcador, o Grêmio voltou melhor no segundo tempo, jogou em cima, e acabou vencendo a Ponte Preta por 3 a 1 na Arena. O triunfo, somado com o tropeço do Corinthians, que empatou com o Atlético-PR em casa, diminuiu a vantagem do líder para oito pontos.
Depois de duas derrotas seguidas em casa, a pressão para voltar a vencer era grande. Mesmo superior, com mais posse de bola, o Tricolor não soube transformar essa vantagem em gols na primeira etapa. Jogando nos contra-ataques, a Macaca abriu o marcador após uma infelicidade de Rafael Thyere. Aos 34, Lucca avançou pela direita, cruzou, e o zagueiro, tentando afastar, jogou para as redes.
O segundo tempo foi diferente. Renato sacou Arthur e colocou Fernandinho. Menos afobado e criando mais, não demorou para que os donos da casa assumissem o controle do confronto. Após duas chances criadas por Barrios, o paraguaio empatou a partida aos 11 minutos. Pedro Rocha fez jogada pessoal e tocou para o atacante concluir.
A virada aconteceu aos 25. Fernandinho entrou na área e foi derrubado por Fernando Bob. Na cobrança do pênalti, Barrios colocou o Grêmio na frente. A tranquilidade no placar veio aos 42 minutos, em uma jogada bem articulada. Luan lançou Ramiro na área e ele escorou de cabeça para Everton, sozinho, também usando a cabeça, marcar o terceiro. Agora, o desafio será longe de Porto Alegre, quarta-feira, às 19h30min, em Salvador, diante do Vitória.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia