Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de julho de 2017. Atualizado às 11h12.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

vôlei

Alterada em 16/07 às 11h14min

Zé Roberto lamenta nova derrota da seleção no Grand Prix, mas destaca atitude

A seleção brasileira feminina de vôlei voltou a tropeçar no Grand Prix, na madrugada deste domingo, no Japão. Contra as anfitriãs, em Sendai, o Brasil fez jogo duro, se esforçou até o final, mas acabou superado por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 26/24, 19/25, 20/25 e 17/15.
O resultado, porém, não abalou o técnico José Roberto Guimarães, que preferiu reconhecer a superioridade das japonesas neste domingo. "Temos que parabenizar o Japão pela vitória. Elas jogaram muito bem os dois primeiros sets e mantiveram uma concentração alta no tie-break, que foi equilibrado", analisou.
"Nos dois primeiros sets foi muito difícil bloquear e defender o ataque das japonesas em função da qualidade e da precisão do passe delas. No terceiro e no quarto sets ajustamos mais o nosso bloqueio e começamos a jogar melhor e mais confiantes", comentou o treinador.
Além de reconhecer a boa atuação do Japão, Zé Roberto elogiou a postura das brasileiras, que não se abateram em quadra desta vez, como aconteceu na derrota para a Tailândia, no sábado. "A atitude do nosso time em relação a ontem foi melhor e temos que seguir treinando para evoluir", disse o técnico.
Com o resultado, a seleção encerra esta segunda semana do Grand Prix com duas derrotas e uma vitória, justamente sobre a Sérvia, sua algoz na primeira semana. No total, o Brasil soma três vitórias e três derrotas. Com nove pontos, a equipe nacional ocupa a sétima colocação geral, entre 12 seleções. A liderança pertence à Sérvia, com 15 pontos.
Com o retorno de Drussyla, no lugar de Rosamaria, a seleção foi escalada neste domingo ainda com Roberta, Tandara, Natália, Bia, Adenízia e a líbero Gabi. Ao longo do jogo, Zé Roberto colocou em quadra Monique, Naiane, Amanda, Carol e a própria Rosamaria.
Mesmo começando o jogo no banco de reservas, Rosamaria foi a maior pontuadora brasileira em quadra, com 19 acertos. Tandara marcou 17. A principal pontuadora do jogo foi a japonesa Shinnabe Risa, com 22 pontos.
Finalizada a semana de competição em Sendai, a seleção feminina retornará ao Brasil na segunda-feira. Nesta terceira semana do Grand Prix, elas vão competir em Cuiabá. As adversárias serão a Bélgica, a Holanda e os Estados Unidos. O primeiro jogo será contra as belgas na quinta-feira, dia 20, às 14h05.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia