Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 15 de julho de 2017. Atualizado às 15h57.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

15/07/2017 - 15h56min. Alterada em 15/07 às 16h00min

Grêmio pega o Ponte Preta querendo voltar a vencer na Arena

Grêmio se reapresentou no CT Presidente Luiz Carvalho na manhã deste sábado, para finalizar a preparação

Grêmio se reapresentou no CT Presidente Luiz Carvalho na manhã deste sábado, para finalizar a preparação


Lucas Uebe/Grêmio FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Folhapress
O Grêmio segue com sua caçada ao líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians. Após vencer o Flamengo fora de casa e reassumir a vice-liderança, o time gaúcho recebe a Ponte Preta neste domingo (16), às 16h, em Porto Alegre. O duelo é válido pela 14ª rodada.
A vitória no Rio de Janeiro ajudou os gremistas a recuperarem um pouco da confiança já que a equipe vinha de três derrotas seguidas. Agora, os tricolores tentam refazer as pazes com a Arena - dois destes tropeços recentes, contra Corinthians e Avaí, foram atuando em casa. A última vitória em seus domínios ocorreu no dia 22 do mês passado, contra o Coritiba.
Os corintianos, que enfrentam o Atlético-PR neste sábado (15), têm sido a sensação da competição e estão dez pontos a frente do Grêmio, que somam 25. A equipe tricolor, contudo, acredita que há muitos jogos pela frente e que é possível alcançar o time paulista, invicto há 27 jogos.
"Não tem equipe que dispare assim no campeonato. O Corinthians tem se aproveitado, feito o dever de casa e conseguido vitórias fora. Mas daqui a pouco o Corinthians vai despencar, ele vai despencar", afirmou o técnico Renato Portaluppi, ao final da vitória por 1 a 0 sobre os flamenguistas.
A missão de voltar a vencer em casa será diante de um adversário fragilizado. A Ponte não vence há quatro rodadas e está em 15ª lugar, com dez pontos a menos que o time gaúcho. A última partida -derrota por 3 a 0 para o Bahia, em casa- foi um marco negativo para o técnico Gilson Kleina.
"Na minha história na Ponte, é o pior momento que estou passando. Eu acho que é hora de sentirmos isso, todos nós temos que refletir sobre isso", disse Kleina.
O Grêmio se reapresentou no CT Presidente Luiz Carvalho na manhã deste sábado, para finalizar a preparação para o jogo, no qual a equipe da casa deverá ter dois importantes reforços. O atacante Pedro Rocha retoma o lugar ocupado por Fernandinho após se recuperar de dores musculares. Além dele, o goleiro Marcelo Grohe, que se recupera de um corte no joelho, pode voltar ao time. 
O treinador gremista também terá um desfalque: o zagueiro Kannemann, que acumulou três cartões amarelos. Rafael Thyere, que entrou contra o Flamengo no segundo tempo, é o mais cotado para assumir a vaga.
Os ponte-pretanos deverão ser reforçados pelo zagueiro Rodrigo e o meia Renato Cajá. Ambos conseguiram efeito suspensivo após terem sido punidos pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), respectivamente, em quatro e dois jogos de suspensão. O atacante boliviano Luis Alí foi regularizado e já pode estrear.
Grêmio x Ponte Preta
Marcelo Grohe (Léo); Edílson, Pedro Geromel, Rafael Thyere e Bruno Cortez; Michel, Arthur e Ramiro; Luan, Pedro Rocha e Lucas Barrios. Técnico: Renato Portaluppi.
Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Fernandinho; Fernando Bob, Jádson, Wendel e Renato Cajá; Lucca e Emerson Sheik. Técnico:Gilson Kleina.
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia