Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de junho de 2017. Atualizado às 22h18.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Justiça Eleitoral

Notícia da edição impressa de 19/06/2017. Alterada em 18/06 às 20h57min

Campanha do TSE em redes sociais combate 'mitos'

Para esclarecer questões envolvendo o processo de votação, opções de voto e resultados de eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou ontem, em suas redes sociais, a campanha "Mitos Eleitorais". O primeiro tema abordado na fanpage do TSE no Facebook e no perfil do tribunal no Twitter é "Votar nulo anula uma eleição?". A campanha não será veiculada nas emissoras de televisão e rádio. Os outros temas da campanha são: "Voto em branco vai para quem está ganhando?"; "Voto em branco é igual a voto nulo?"; "É eleito sempre o candidato que possui mais votos?"; "Quem não votou na última eleição não pode votar na próxima?"; "Depois da eleição é possível saber em quem o eleitor votou?"; e "O eleitor pode votar usando a camiseta do seu partido?".
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia