Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de junho de 2017. Atualizado às 22h18.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Notícia da edição impressa de 19/06/2017. Alterada em 18/06 às 21h09min

Rio Grande do Sul terá marcas negativas nesta semana

Chuva fina e frio chegaram a Porto Alegre na tarde de ontem

Chuva fina e frio chegaram a Porto Alegre na tarde de ontem


JONATHAN HECKLER/JONATHAN HECKLER/JC
Depois de um feriadão quase inteiramente de sol e calor atípico, as temperaturas têm despencado desde ontem - entre as 12h e as 14h de domingo, as marcas em Porto Alegre diminuíram de 25 para 15 graus. Os termômetros mostrarão um arrefecimento na atmosfera ainda maior entre hoje e amanhã, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Na terça-feira, a previsão é de fazer um grau negativo no Estado. A partir de quarta-feira, contudo, as marcas voltarão a subir.
O esfriamento atmosférico já era estimado em aviso meteorológico especial do Inmet desde sábado. O motivo é o ingresso de uma intensa massa de ar frio que chegou primeiro ao Rio Grande do Sul, ontem, e também afetará Santa Catarina e Paraná, a partir de hoje. No sábado, os termômetros do Estado tiveram registros típicos de um outono mais próximo do verão, e não do inverno, que começa na quarta-feira - a mínima foi de 16,1 e a máxima, de 28,6 graus, na Capital. No Interior, fez 8,6 graus em São José dos Ausentes e 29,2 graus em Santa Maria.
A manhã de domingo foi agradável, de céu claro e calor. O Inmet registrou 25,5 graus como máxima em Porto Alegre, o que levou as famílias de folga a praças e parques. A chuva e o frio de surpresa, contudo, afugentaram rapidamente a população para áreas fechadas e deixaram as ruas vazias.
Conforme o Sistema Metroclima de Porto Alegre, bairros da Capital que registravam 26 graus no fim da manhã de ontem tiveram suas temperaturas despencadas, em quatro horas, para 10 graus. A MetSul Meteorologia chegou a registrar 4 graus e vento pampeiro às 14h em Pinheiro Machado, trazendo sensação térmica de marcas negativas.
A previsão do Inmet, hoje, é de céu nublado a parcialmente nublado, com possibilidade de chuva em áreas isoladas no Norte e no Nordeste. Pode haver geada na Campanha e no Sul gaúchos. Em Porto Alegre, é possível que chova em áreas isoladas. A temperatura irá de 3 a 14 graus no Rio Grande do Sul e de 7 a 13 graus na Capital.
Amanhã, a instabilidade se afasta de todas as regiões gaúchas, e o frio vem com força. O céu ficará claro a parcialmente nublado, com geada. As marcas, em declínio, ficarão entre -1 grau e 18 graus no Estado e entre 5 e 16 graus em Porto Alegre.
Na quarta-feira, dia no qual começa oficialmente o inverno no Hemisfério Sul, os termômetros registrarão ligeiro aquecimento. A mínima será de 4 e a máxima de 24 graus no Rio Grande do Sul, e a temperatura será de 9 a 22 graus na Capital. Na quinta-feira, o céu ficará parcialmente nublado, e esquentará mais um pouco, ficando entre 6 a 26 graus no Estado e entre 12 a 24 graus em Porto Alegre.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia