Alexandro Nunes, Tiago Bird, Daniel Jeffman e Marcelo Zabka Alexandro Nunes, Tiago Bird, Daniel Jeffman e Marcelo Zabka Foto: FAT BULL/FAT BULL/DIVULGAÇÃO/JC

Cervejaria artesanal de Novo Hamburgo no circuito internacional

A Fat Bull estreou no cenário internacional no dia 2 de junho, no The Beer Promenade Caiscais, que acontece em Estoril, litoral Português

Ao completar o primeiro ano de produção, a cervejaria cigana Fat Bull ganhou o mundo como presente. Entre os meses de junho e julho, os quatro amigos de Novo Hamburgo que tocam o negócio estarão em Portugal lançando as cervejas produzidas em solo brasileiro. A Fat Bull estreou no cenário internacional no dia 2 de junho, no The Beer Promenade Caiscais, em Estoril, litoral português.
A cervejaria nasceu em julho de 2016, depois de dois anos de estudo e dedicação de Alexandro Nunes, Tiago Bird, Daniel Jeffman e Marcelo Zabka.
As receitas próprias feitas pela marca serão apresentadas ao lado de mais de 30 produtores estrangeiros, compondo a oferta de 150 estilos de cerveja, nos três dias de evento. Além do festival em Estoril, o sabor original feito pelos gaúchos estará nos Jardins do Palácio de Cristal da bela cidade do Porto.
Apesar de muito famosa pela qualidade dos vinhos, a cidade optou por realizar pela primeira vez o Porto Beer Festival, entre os dias 14 e 18 de junho.
Na agenda da Fat Bull, também estão o famoso Alameda Beer Fest, que ocorre em Faro, de 7 a 9 de julho, e ainda o Artbeer Fest, em Caminha, entre os dias 13 e 16 de julho.
Ao todo, são quatro eventos em apenas dois meses e uma oportunidade de abrir ainda mais o mercado para a produção artesanal, que nasceu em uma garagem na rua Tapes, no Centro de Novo Hamburgo.
"Estamos muito felizes de, no mês que completamos um ano de existência, estarmos levando nossos produtos para o exterior. Nossa marca cresceu muito em apenas 12 meses de trabalho e já é referência no Vale do Sinos", conta Tiago.
Em solo brasileiro, os empresários cervejeiros se dividem na intensa agenda de junho e julho e participam ainda da Fenac Beer and Food Festival, nos dias 14 e 15 de julho, nos pavilhões da Fenac.
O nome da cervejaria surgiu após o quarteto resgatar uma Pitbull das ruas e adotar a cadela, que hoje se chama Kyra - a mascote da cervejaria.
A produção conta com três rótulos fixos: Dormund Export, Australia Pale Ale e India Pale Ale, além de uma Weiss própria envasada especialmente nas datas comemorativas, como Natal e Páscoa.
"A Fat Bull não é apenas uma boa cerveja, é também atitude e amizade", define-se a marca.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio