Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de junho de 2017. Atualizado às 13h11.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série B

Notícia da edição impressa de 19/06/2017. Alterada em 18/06 às 21h16min

Sem brilho, Inter apenas empata com o Santa Cruz

O Inter desperdiçou uma ótima oportunidade de retornar à zona de acesso para a primeira divisão. No sábado, em jogo disputado no estádio do Arruda, no Recife, o time de Guto Ferreira teve desempenho decepcionante e ficou no empate em 0 a 0 com o Santa Cruz, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
A única coisa que pôde amenizar o fraco desempenho do time era o péssimo estado do gramado, castigado pela chuva. Por mais que a escalação inicial indicasse três atacantes, o Colorado encontrou dificuldades para ser ofensivo durante todo o primeiro tempo. Sem um homem de criação no meio-campo, a equipe ficou acuada e viu o Santinha criar as melhores oportunidades.
Aos 26 minutos, Thiago Primão cruzou, e Elicarlos cabeceou para a boa defesa de Danilo Fernandes. A melhor chance, porém, veio aos 42 minutos: depois de troca de passes dentro da área, Halef Pitbull bateu firme, e novamente o goleiro salvou.
O Inter melhorou na segunda etapa e sufocou os pernambucanos. Aos 20, Marcelo Cirino recebeu na entrada da área e arriscou, mas a bola saiu por cima. Quando a equipe estava melhor, a chuva acabou apertando, e o gramado, que já era ruim, ficou ainda pior. Aos 33, aproveitando o ritmo titubeante do adversário, o Santa Cruz quase abriu o placar com Bruno Silva, mas o goleiro colorado salvou o Inter e garantiu o empate.
A péssima notícia foi a baixa no setor defensivo por contusões. Víctor Cuesta já estava fora e deve voltar apenas no fim do mês. No sábado, Danilo Silva sentiu um desconforto na coxa direita no aquecimento. Ernando entrou, mas, no intervalo, apresentou o mesmo problema e foi trocado por Léo Ortiz. Com poucas opções confiáveis no banco, a direção deve intensificar as investidas no mercado.
Toda a nona rodada da Série B será disputada na terça-feira. Depois de dois jogos fora, o Inter volta a sua casa. Às 21h30min, os comandados recebem o Paraná no estádio Beira-Rio. Na sequência, mais duas partidas no Estado. No próximo fim de semana, vai a Pelotas, encarar o Brasil e, na outra rodada, recebe o Boa Esporte.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 19/06/2017 09h26min
ENQUANTO A SÉRIE C NÃO VEM !!!nnQuando que poderíamos imaginar que o Internacional teria um time tão ruim tentando jogar futebol na Série B? Olhando para a campanha do Juventude fico lembrando que nos últimos anos, tem conseguido formar mais jogadores do que o Colorado. O engraçado é que o Grêmio faz um rancho e fica com os melhores. Já o Internacional sempre pega o que sobrou e normalmente este jogadores não funcionam no seu time. De repente lá vem à gestão do Juventude fazendo campanha de time grande na Série B, por saber como avaliar muito sua categoria de base e o mercado. Conseguiram formar um time tão rápido quanto à decadência do Colorado, e com menos dinheiro. Quem sabe os dirigentes do Internacional precisam olhar mais para os times pequenos que jogam como grande? Copiar o que funciona não é feio, rapidamente podem colar este espírito de humildade com desempenho fora e dentro do campo. Do jeito que a coisa está se encaminhando, a Série C poderá ter um novo aluno em 2018, caso o Colorado não aprenda a jogar a Série B com mais vontade para conquistar muitas vitórias. Abs. Dorian Bueno-Google + Plus, POA, 19.06.2017.nn