Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de junho de 2017. Atualizado às 23h52.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

Gastronomia

homem na cozinha

Notícia da edição impressa de 16/06/2017. Alterada em 15/06 às 16h14min

Costelinha ao molho barbegood

VIENA/DIVULGAÇÃO/JC
A rede de restaurantes Viena Express convocou o chef Raul Lemos para desenvolver três novas receitas, todas disponíveis até 31 de julho nas lojas de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, e nos aeroportos de Guarulhos e Brasília. Elas são: escondidinho de linguiça, bolo de abacaxi com coco e essa versão de costelinhas (foto) que você pode aprender agora.
Ingredientes (seis pessoas):
1,1 kg de costelinha suína
2 colheres (sopa) de alho picado
2 colheres (sopa) de alecrim desfolhado
1 colher (sopa, cheia) de sal refinado
3 limões Taiti (apenas o suco)
6 litros de água filtrada
200g de molho de tomate
1 colher (sopa) de açúcar mascavo
pimenta do reino branca,
moída na hora
150g de molho barbecue
Modo de preparar:
1-Em uma panela média com a água fervente, cozinhar costelinha com alho, metade do alecrim, do sal e o suco dos limões. Após 60 minutos, retirar do fogo, escorrer bem e secar com auxílio de toalhas de papel.
2-Dispor costelinha em uma assadeira, adicionar as metades restantes de alecrim e de sal, molho de tomate e açúcar mascavo. Esfregar bem esses temperos na carne e cobrir com folha de alumínio.
3-Levar ao forno, preaquecido a 200°C, por 25 minutos. Remover o alumínio e deixar dourando por mais 10 minutos.
4-Fatiar costelinhas no tamanho de cada osso, separá-las e passar a uma travessa. Distribuir colheradas de molho barbecue aquecido por cima da carne e servir.

Via e-mail

via e-mail - nota 4


NATTAN CARVALHO/DIVULGAÇÃO/JC
Quando o pacote é completo, o público responde: restaurantes do Mercado com menus especiais, estacionamento permitido no largo Glênio Peres, seguranças no entorno e pronto. Não foi exatamente o clima para namorados, mas muita gente que jamais se atreveria esteve em vários locais tradicionais à noite.
Aos nostálgicos: houve um tempo em que, envergando smokings e vestidos de gala, casais saíam de festas elegantes e iam tomar uma canja ou jantar no Treviso. Sim, em pleno Mercado Público.
Terceira edição do Mesa ao Vivo será nos dias 26 e 27 de julho, promovida por Prazeres da Mesa e Faculdade Senac Porto Alegre. O tema "Minha Herança de Família" reunirá chefs como Claude Troisgros, Floriano Spiess, Carlos Kristensen e Rodrigo Bellora. Na programação, aulas, degustações, jantares e palestras.
Peppo Cucina revela seu prato da Boa Lembrança 2017: Tagliata di Manzo, filé mignon fatiado, coberto por cogumelos, com purê de mandioquinha e amêndoas. Quem degustar no restaurante paga R$ 89,00 e ainda leva de graça esse prato de cerâmica (foto). Reservas: www.peppo.com.br.
O prezado Mario Albuquerque, autor do livro sobre Rubem Berta e a Varig, escreve para lembrar que sua pizzaria, na av. Augusto Mayer, chamava-se Espaço Aéreo. Boa pizza, confortáveis poltronas de avião às mesas, ótimos tempos...

Agora, só por encomenda

Descobri o Latana em seu início, com a referência de que o dono era o chef Masci, herdeiro da Spaghetilândia, que ficava na Borges, entre o cine Vitória e a Rua da Praia (lembram?). Pois após 10 anos no bairro Três Figueiras, fazendo boa comida italiana por preços muito acessíveis, ele cansou de tentar atender às exigências do Corpo de Bombeiros e preferiu fechar seu pequeno restaurante.
Fechou o salão, a cozinha não: todo o cardápio segue disponível, comida gostosa, preços camaradas. Inclusive o parmegiana com rascatelli (R$ 35,00) que aparece na foto, exibido pelo sorridente chef Masci, agora chefe dele mesmo. Basta encomendar e buscar - é, nem motoboy tem -, ali pertinho do Iguatemi. A chave de tudo é o telefone: (51) 3328-2598.
 

Adega

adega - nota 3


GEORGES AUBERT/DIVULGAÇÃO/JC
Peterlongo, de Garibaldi (RS), apresenta Presence, sua nova linha de espumantes (foto). A opção foi por elaborar Charmat e Asti, em cinco rótulos: Brut, Brut Rosé, Demi Sec, Moscatel e Moscatel Rosé.
Linha Marcus James, da Aurora, está no mercado em novas garrafas (foto). Lourdes Conci, gerente de marketing da vinícola, aposta que a novidade agregará valor para a marca e impulsionará as vendas dos oito varietais: Chardonnay, Riesling, Sauvignon Blanc, Pinotage, Pinot Noir, Tannat, Cabernet Sauvignon e Merlot.
Em 1951, o francês Georges Aubert criou, em Garibaldi (RS), sua própria marca e passou a produzir espumantes. Hoje, a vinícola pertence à CRS Brands, que está relançando seus rótulos Brut, Demi Sec, Moscatel e uma edição especial de Brut Rosé, todos na foto. Vendas em www.espumantesgeorgesaubert.com.br.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia