Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de junho de 2017. Atualizado às 23h55.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 22/06/2017. Alterada em 21/06 às 19h42min

Frases e personagens

Fábio Ramalho

Fábio Ramalho


LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
"Defendo que a reforma da Previdência se resuma à mudança da idade mínima e que os demais pontos da proposta fiquem para o próximo governo. Tem que votar a reforma, mas não votar do jeito que está. Sou favorável à idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres. O resto pode ficar para o próximo governo." Fábio Ramalho (PMDB-MG), presidente em exercício da Câmara dos Deputados.
"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não interferiu na atuação do Banco Central (BC) no período em que ocupou a presidência da República (2003-2010). Ao assumir o cargo, pedi independência da instituição, e isso foi mantido no período em que lá estive." Henrique Meirelles, ministro da Fazenda e ex-presidente do BC.
"A crise política não atrapalha o avanço econômico do Brasil. Tanto que, neste primeiro trimestre, houve um aumento de 1% no PIB, e os indicativos são todos no sentido de que este aumento vai continuar. A inflação hoje é menos de 4%, não é? Quando nós chegamos ao governo estava em torno de 10% e vocês sabem que até o final do ano estará abaixo do centro da meta, que é 4,5%. E, em brevíssimo tempo, os juros estarão em um dígito." Michel Temer (PMDB), presidente, em Moscou.
"Me desculpe, mas a vitória da oposição sobre a reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) significa zero, não significa nada. Quem reagiu mal no mercado é porque não conhece o regimento da Casa. Foi uma vitória de Pirro." Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado.
"Um novo pedido de impeachment apresentado contra a minha pessoa ocorreu por causa do momento muito politizado vivido no País." Gilmar Mendes, ministro do STF.
"Apresentamos o pedido com base na gravação de conversa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) com Gilmar Mendes, na qual o mineiro pede que o magistrado interceda junto a parlamentares pelo projeto de abuso de autoridade." Claudio Fonteles, ex-procurador da República.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia