Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de junho de 2017. Atualizado às 00h02.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Internacional

Notícia da edição impressa de 16/06/2017. Alterada em 15/06 às 22h24min

Vento (forte) no rosto

Estrutura levíssima combina componentes feitos de alumínio e fibra de carbono

Estrutura levíssima combina componentes feitos de alumínio e fibra de carbono


AUDI/AUDI/DIVULGAÇÃO/JC
Seu motor V10 central proporciona um desempenho contundente. Alcançando até 8.700 rpm, o propulsor de 5.2 litros desenvolve 610 cv de potência e torque máximo de 560 Nm a 6.500 giros. Em comparação com o R8 Spyder V10, a potência é 70 cv maior.
Como resultado, o modelo plus chega aos 100 km/h em 3,3 segundos - 0,3 segundo mais rápido - e atinge uma velocidade máxima de 328 km/h, um aumento de 10 km/h. A relação peso/potência explica esses números: cada cavalo-vapor só precisa movimentar 2,78 quilos.
Na parte de trás do V10 está acoplado um câmbio S tronic de sete marchas de ação ultrarrápida. A transmissão esportiva de dupla embreagem envia a potência para o sistema de tração integral "quattro" da Audi.
Dependendo da situação de condução, a distribuição do torque é completamente variável e, em casos extremos, pode se concentrar 100% em um dos eixos. Um bloqueio mecânico do diferencial traseiro propicia uma tração confiável e dinâmica máxima.
Todas as quatro rodas do Audi R8 Spyder V10 plus contam com suspensão de duplos braços de alumínio - solução oriunda dos carros de competição. A direção hidráulica-eletromecânica garante precisão e comportamento confiável em alta velocidade.
As rodas de alumínio forjadas de 19 polegadas envolvem grandes discos de freio (380 milímetros de diâmetro na frente e 356 mm na traseira), fabricados de um compósito de cerâmica e fibra de carbono extremamente durável, leve e resistente à alta temperatura.
O design do R8 Spyder V10 plus transmite agressividade. A ampla grade frontal usa uma estrutura cromada. Abaixo dela está um spoiler de carbono, que direciona o ar para as rodas. Os faróis são de LED a laser.
As lâminas laterais, a tampa do compartimento da capota conversível e os spoilers traseiros fixos foram construídos em polímero reforçado com fibra de carbono. Junto da clássica capota em tecido, constituem as características distintas do conversível.
Um mecanismo eletro-hidráulico leva 20 segundos para abrir ou fechar a capota de 44 quilos, mesmo quando o carro está rodando em velocidades de até 50 km/h. Na traseira, os grandes tubos de escapamento flanqueiam a abertura do largo difusor.
Na cabine, assentos ergonômicos vêm revestidos de couro nappa fino com pigmentação especial que impede o aquecimento sob raios do sol. A fibra de carbono aparece em vários componentes, enquanto os pedais e o apoio para os pés são de aço inoxidável brilhante.
Como em um modelo de corrida, o motorista consegue acionar todas as funções importantes sem precisar tirar as mãos do volante em couro, que possui botões multifunções integrados. Há ainda dois outros conjuntos satélites de controle no volante, usados para dar partida e desligar o motor e selecionar os modos de condução.
No lugar do quadro de instrumentos convencional, o virtual cockpit apresenta em uma tela de 12,3 polegadas todas as informações empregando gráficos 3D, em diferentes layouts que poder ser escolhidos pelo condutor.
As primeiras unidades do R8 Spyder V10 plus serão entregues pela Audi em setembro na Europa. No Brasil, sua comercialização está prevista para o primeiro semestre de 2018.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia