Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de maio de 2017. Atualizado às 19h54.

Jornal do Comércio

Vídeos JC

COMENTAR

PORTO ALEGRE


Reportagem do JC flagrou cães com Leishmaniose sendo levados para fazer eutanásia

Publicado em .

A Prefeitura de Porto Alegre voltou atrás no início da semana da decisão de contratar uma empresa para fazer a eutanásia em até 300 cães com leishmaniose. No dia 7 de maio, o Jornal do Comércio acompanhou um grupo de ativistas da causa animal na Unidade de Medicina Veterinária da prefeitura. Lá, a reportagem observou que um grupo de 14 animais foram enviados para a clínica Animed, onde seriam sacrificados. Os protestos dos ativistas, no entanto, levaram o Executivo Municipal a rever temporariamente a decisão. No dia seguinte, um juiz determinou, em caráter temporário, que os cães não sejam mortos.
Esta seção tem o apoio do
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia