Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de maio de 2017. Atualizado às 00h48.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Notícia da edição impressa de 18/05/2017. Alterada em 18/05 às 00h45min

Defesa do título começa com vitória

Barrios marcou duas vezes no triunfo gremista

Barrios marcou duas vezes no triunfo gremista


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/Divulgação/JC
A defesa do título da Copa do Brasil começou com uma grande vitória na Arena. Jogando bem e sofrendo pouco defensivamente, o Grêmio venceu o Fluminense ontem à noite por 3 a 1 e conquistou boa vantagem para avançar às quartas de final do torneio.
 A partida foi disputada em alta velocidade. Tanto o Grêmio quanto o Flu apostaram em uma forte marcação. O time carioca, porém, confiou na rapidez do seu ataque, enquanto os donos da casa tentaram chegar ao gol utilizando seu conhecido toque de bola.
 Os cariocas saíram na frente logo aos quatro minutos. Marcos Júnior cobrou escanteio e Renato Chaves subiu e cabeceou para fazer o 1 a 0. Mesmo atrás no marcador, o Grêmio manteve sua forma de jogar e, foi assim, na troca de passes, que chegou ao empate. Aos 17 minutos, Arthur tabelou com Barrios, entrou na área, driblou o goleiro, e tocou para a rede.
 Depois de alcançar a igualdade, o tricolor gaúcho passou a dominar mais as ações. O time de Renato Portaluppi só não virou aos 45 minutos porque Pedro Rocha chutou em cima de Cavalieri após receber belo passe de Luan.
 O segundo tempo foi um monólogo gremista. Os gaúchos martelaram a defesa carioca até chegarem ao gol da virada, o que ocorreu aos 19 minutos. Luan cobrou escanteio pela direita, Kannemann desviou na primeira trave e Lucas Barrios chegou por trás da defesa para marcar.
 Seis minutos depois, mais uma vez Barrios ampliou. Cortez tocou para o centroavante que, dentro da área, dominou, prendeu, e bateu rasteiro no canto direito de Cavalieri para fazer o 3 a 1.
 No restante da partida, o Grêmio tratou de deixar o tempo passar e garantir a boa vantagem para o jogo da volta, no Maracanã, que irá ocorrer no dia 31 deste mês.
Grêmio 3 x 1 Fluminense
Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Fernandinho) e Ramiro; Luan, Pedro Rocha (Everton) e Lucas Barrios (Jailson). Técnico: Renato Portaluppi.
Diego Cavalieri; Renato, Renato Chaves, Henrique e Léo; Pierre (Gustavo Scarpa), Wendell e Sornoza; Richarlison (Maranhão), Henrique Dourado e Marcos Júnior (Marquinhos Calazans). Técnico: Abel Braga.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia