Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de maio de 2017. Atualizado às 11h15.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Notícia da edição impressa de 17/05/2017. Alterada em 16/05 às 22h09min

Diante do Palmeiras, Zago repetirá equipe do Inter pela primeira vez

Após utilizar 47 atletas, técnico levará a mesma equipe a campo

Após utilizar 47 atletas, técnico levará a mesma equipe a campo


RICARDO DUARTE/RICARDO DUARTE/INTER/JC
Os retornos de Edenilson e Carlinhos não foram aprovados pelo departamento médico colorado. Com isso, pela primeira vez desde que assumiu o comando do time, Antônio Carlos Zago deverá repetir uma escalação. O desafio da noite de hoje não é nada fácil. O Inter vai a São Paulo para encarar o Palmeiras, às 21h45min, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.
Mesmo que tenham voltado aos treinamentos, os atletas não passaram pelo crivo do coordenador de preparação física do clube, Élio Carravetta, e não viajaram para a capital paulista. Edenilson voltou a sentir dores no tornozelo direito. Já o lateral-esquerdo Carlinhos não se recuperou de uma lesão muscular. As ausências fazem com que a escalação que estreou na Série B, vencendo o Londrina por 3 a 0, seja mantida.
Desde que assumiu o Colorado, Zago já utilizou 47 atletas. "O time poderia ter sido repetido em outras competições. Temos uma base, em cima dessa base, vamos procurar colocar sempre em campo os jogadores que estiverem em melhores condições. É lógico que é importante repetir a escalação. A equipe esteve bem compacta no último jogo e treinamos o que fizemos contra o Londrina na última semana", indicou o técnico.
O meio-campo deverá ter Fabinho ao lado de Rodrigo Dourado, com o chileno Felipe Gutiérrez mais à frente ao lado de D'Alessandro. Não houve esboço de equipe no treinamento de ontem no CT do Parque Gigante. Sem condições de atuar pela Copa do Brasil, já que jogou pela Ponte Preta, Pottker deverá estrear sábado, pela Série B, diante do ABC, no Beira-Rio.
Ainda em fase de recuperação, a dupla de goleiros colorados Danilo Fernandes e Marcelo Lomba não tem previsão de retorno. Daniel seguirá na posição. Assim, o provável Inter de Zago terá Daniel; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho, Felipe Gutiérrez e D'Alessandro; Marcelo Cirino e Nico López.
Depois dos empréstimos dos zagueiros Paulão e Néris, para Vasco e Sport, respectivamente, outro nome que pode sair até o final do ano é o atacante Valdívia. Após perder espaço com as chegadas de William Pottker e Marcelo Cirino, o jogador está sendo sondado pelo Cruzeiro. Ele nem viajou para São Paulo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 17/05/2017 10h37min
INTER, PODEMOS COPIAR O QUE FUNCIONA !!!nTomara que os jogadores do internacional, nesta noite lá em Sampa, possam copiar um pouquinho os jogadores do Palmeiras, tentando quem sabe ser um visitante indigesto e sair aplaudido até mesmo pela torcida adversária. Sei que este meu desejo, pode ser um pouco complicado de ser realizado em função da qualidade dos nossos adversários de hoje, mas se por acaso for o dia que tudo possa dar certo para os nossos jogadores, vamos comemorar. Está na hora do Internacional marcar forte, brigar no meio de campo, tocar bem a pelota, virar o jogo, chutar a bola para o mato, acertar muitas vezes o GOL, inclusive fazendo GOLS de cabeça, por que somente deste jeito o jogo de volta poderá ser mais tranqüilo, nesta etapa da Copa do Brasil. Será uma grandiosa façanha voltar lá da Arena deles com o espírito vitorioso renovado e a credibilidade lá nas nuvens, por termos vencido mais uma vez um time da Série A, para honrar esta nossa camisa do Internacional, Amém. Abs. Dorian Bueno - POA - 17.05.2017nn