Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 14 de maio de 2017. Atualizado às 19h03.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 14/05 às 19h06min

Com despedida de gala do atacante Clayson, Ponte Preta goleia o Sport por 4 a 0

Acertado com o Corinthians, o atacante Clayson fez a sua despedida da Ponte Preta neste domingo e encerrou a passagem por Campinas (SP) com chave de ouro ao marcar dois dos gols da goleada sobre o Sport por 4 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.
Além de Clayson, Lucca e Nino Paraíba marcaram os gols da Ponte Preta, que somou os primeiros três pontos na competição. Já o Sport, que poupou alguns titulares porque vai disputar a final da Copa do Nordeste nesta quarta-feira contra o Bahia, segue zerado. Além disso, vem em uma maratona de jogos, incluindo a Copa Sul-Americana.
A Ponte Preta dominou o primeiro tempo, tanto que o Sport criou apenas uma oportunidade, mas Matheus Ferraz cabeceou por cima. Antes, Lucca recebeu de Clayson e, na cara do goleiro Magrão, finalizou para fora.
O atacante foi quem abriu o placar, aos 40 minutos. Ravanelli cobrou escanteio e ele cabeceou no cantinho. Quatro minutos depois, Nino Paraíba aproveitou cruzamento de João Lucas e, de cabeça, tirou de Magrão, ampliando para os donos da casa.
O Sport não mostrou poder de reação no segundo tempo e continuou sendo dominado pelo time paulista, que desperdiçou duas oportunidades antes de marcar o terceiro, aos 27 minutos. O árbitro assinalou pênalti depois da bola desviada por Lucca acertar o braço de Evandro. Clayson bateu alto e no meio, sem chances para Magrão.
Nos acréscimos, Nino Paraíba escapou pela direita e cruzou na medida para Clayson completar. A partida deste domingo marcou a despedida do atacante, já que ele é aguardado esta semana para assinar com o Corinthians. O técnico Gilson Kleina, suspenso, não ficou no banco de reservas. A missão ficou com o auxiliar João Brigatti.
Os dois times voltam a campo no próximo domingo pela segunda rodada do Brasileirão. A Ponte Preta vai até o Rio para enfrentar o Botafogo, às 18 horas, no estádio do Engenhão, enquanto que o Sport recebe o Cruzeiro, às 19 horas, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia