Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 19 de maio de 2017. Atualizado às 10h01.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 19/05 às 10h07min

Dólar recua à espera de leilões de swap e com exterior ameno

Após abrir em queda nesta sexta-feira (19) e recuar até R$ 3,2994 (-2,58%) em meio a uma realização de parte da alta de mais de 8% da véspera e expectativas por mais um leilão hoje de até US$ 2 bilhões em swap cambial novo, o dólar à vista passou a renovar máximas sequenciais até R$ 3,3449 (-1,24%) ainda nos primeiros dez minutos de sessão. O viés de baixa externo da moeda norte-americana na manhã desta sexta também pesa.
Os investidores, porém, seguem cautelosos com as indefinições políticas envolvendo o presidente Michel Temer e a paralisação das reformas no Congresso Nacional.
Além da operação adicional de swap, o BC realiza o leilão de rolagem do vencimento de junho, no fim da manhã, com oferta de mais US$ 400 milhões no mercado futuro.
Às 9h35min desta sexta-feira, o dólar à vista recuava 2,30%, aos R$ 3,3089. O dólar futuro para junho caía 1,80%, aos R$ 3,3190, no mesmo horário.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia