Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 16 de maio de 2017. Atualizado às 20h45.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 16/05 às 20h49min

SEC aprova plano de "redutor de velocidade" da Bolsa de Nova Iorque

Reguladores dos Estados Unidos deram à Bolsa de Nova Iorque sinal verde para introduzir um "redutor de velocidade" em um de seus mercados, um plano amplamente visto como uma tentativa de minar o concorrente IEX Group.
Uma determinação divulgada nesta terça-feira (16) pela Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários americana) permite que a Nyse acrescente um atraso de 350 microssegundos para todas as ações negociadas na NYSE MKT, um dos sistemas da bolsa.
O IEX, que ganhou fama a partir do livro "Flash Boys", publicado em 2014 por Michael Lewis, foi pioneiro nesse redutor de velocidade para evitar cartas estratégias de negociação de alta velocidade. A proposta da Nyse, revelada em janeiro, era em grande medida idêntica ao atraso de 350 microssegundos do IEX.
Ao aprovar o plano, a SEC rechaçou as objeções do IEX, segundo as quais a Nyse não havia feito o suficiente para explicar a ideia por trás de sua proposta. A Nyse planeja acrescentar o redutor de velocidade no NYSE MKT como parte de um relançamento mais amplo da bolsa, marcado para 24 de julho. A bolsa também está sendo renomeada para "NYSE American" como parte das mudanças.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia