Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 14 de maio de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

Notícia da edição impressa de 15/05/2017. Alterada em 14/05 às 21h24min

Vítimas de ataque cibernético sobem para mais de 200 mil em ao menos 150 países

O número de vítimas do ataque cibernético dos últimos dias superou os 200 mil em pelo menos 150 países, afirmou, ontem, o diretor da agência de polícia (Europol) da União Europeia, Rob Wainwright. Agências, forças de segurança e companhias atuavam para restaurar as operações normais e descobrir as causas do ataque.
"Isso é algo que não havíamos visto antes", disse o diretor da Europol em entrevista ao canal de televisão britânico ITV. "O alcance global é sem precedentes", afirmou. Wainwright também advertiu que pode haver mais problemas quando sistemas de computação forem religados na segunda-feira, após ficarem apagados no fim de semana.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia