Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de maio de 2017. Atualizado às 21h56.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Entrevista

Notícia da edição impressa de 16/05/2017. Alterada em 15/05 às 18h31min

Aumentar o pessoal ainda é necessidade da Defensoria

Cristiano Vieira Heerdt aposta na humanização do atendimento à comunidade

Cristiano Vieira Heerdt aposta na humanização do atendimento à comunidade


CLAITON DORNELLES /JC
Laura Franco, especial
No dia 19 de maio se comemora o dia do defensor público e da Defensoria Pública. Desde o surgimento da profissão, com a Constituição de 1988, as atribuições do profissional ficaram cada vez maiores. Para atender à grande demanda que só vem crescendo, o órgão teve que ser ampliado. Em entrevista ao Jornal da Lei, o defensor público-geral do Rio Grande do Sul, Cristiano Vieira Heerdt, aponta qual é o principal papel do defensor, e como a atuação mudou ao longo dos anos.
Jornal da Lei - Qual é o principal papel do defensor público?
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia