Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 09 de maio de 2017. Atualizado às 21h22.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Receita dá a receita

Notícia da edição impressa de 10/05/2017. Alterada em 09/05 às 20h37min

Contribuição do Funrural pode ser incluída no Programa de Regularização Tributária (PRT)

A RFB orienta os contribuintes com ações judiciais em curso, ou que aproveitaram ações judiciais impetradas pelos seus sindicatos ou associações, a adotarem procedimentos necessários para regularização dos débitos. Já se encontra aberto o prazo para adesão ao PRT, que permite saldar dívidas para com o fisco de forma vantajosa. A Contribuição Previdenciária vencida até 30/11/2016 poderá ser regularizada assim: - Pagamento à vista de, no mínimo, 20% do valor da dívida consolidada, e liquidação do restante com utilização de créditos de prejuízo fiscal e base de cálculo negativa da CSLL ou com outros créditos próprios relativos aos tributos administrados pela RFB; - Pagamento de, no mínimo, 24% da dívida em 24 prestações mensais e sucessivas, e liquidação do restante com utilização de créditos de prejuízo fiscal e base de cálculo negativa da CSLL ou com outros créditos próprios relativos aos tributos administrados pela RFB; - Pagamento à vista de 20% do valor da dívida consolidada, e parcelamento do restante em até 96 prestações; Pagamento da dívida consolidada em até 120 prestações mensais. Para aderir ao PRT, o contribuinte deverá protocolar em uma Unidade de Atendimento da RFB, comprovante de desistência dos litígios judiciais referentes aos processos que pretende incluir na negociação do programa até o dia 31/5/2017. A adesão deve ser efetuada exclusivamente pelo Portal e-CAC no sítio da RFB. Para incluir no PRT os débitos ainda não confessados, o contribuinte deve declará-los em GFIP. A não regularização da contribuição previdenciária sobre a produção rural sujeitará o contribuinte a lançamento de ofício com imposição de multas que variam de 75% a 225% do tributo devido.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia