Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de abril de 2017. Atualizado às 00h34.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 12/04/2017. Alterada em 11/04 às 20h06min

Frases e personagens

Carlos Marun

Carlos Marun


FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR/JC
"A reforma da Previdência será aprovada com no mínimo 350 votos na Câmara, o que representa mais de 68% dos 513 deputados." Carlos Marun (PMDB-MS), presidente da comissão da reforma da Previdência.
"Ela não só será aprovada, mas será por um número muito robusto de parlamentares. Nós aprovaremos com um número acima da expectativa. Tem gente falando em 330 votos, eu confio em um número acima de 350 votos." Também Carlos Marun.
"A proposta do governo previa que somente homens com mais de 50 anos e mulheres com mais de 45 anos teriam acesso à transição - o que, na prática, permite a aposentadoria antes dos 65 anos. Agora, qualquer trabalhador, de qualquer idade, poderá optar por entrar na regra de transição. Esse trabalhador poderá se aposentar mais cedo e, neste caso, receberá menos." Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma da Previdência.
"Lamento muito o vazamento, em tempo real, do depoimento de Marcelo Odebrecht." Sérgio Moro, juiz federal da Lava Jato.
"Vazamento em tempo real de depoimento é o fim. Não é o problema de lamentar, a prova é nula. Pode anular o processo e determinar a suspeição do juiz!" Tarso Genro (PT), ex-governador.
"A Operação Lava Jato não é resultado apenas de um grupo de heróis, mas uma consequência de várias políticas e medidas que vêm sendo adotadas no Brasil nos últimos anos." Antônio Gustavo Rodrigues, presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
"A safra 2016/2017 de grãos deve chegar a 227,9 milhões de toneladas, com aumento de 22,1%, ou 41,3 milhões de toneladas, em relação aos 186,6 milhões da safra passada. É um dia histórico para a Conab e para a agricultura brasileira." Marcelo Bezerra, presidente da Conab.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia