Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de abril de 2017. Atualizado às 14h40.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

ESTADOS UNIDOS

20/04/2017 - 14h43min. Alterada em 20/04 às 14h46min

Trump assina memorando que autoriza investigação sobre importação de aço

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou memorando que autoriza o secretário de Comércio, Wilbur Ross, a iniciar uma investigação sobre a importação de aço pelo país.
A medida pode levar á imposição de tarifas na importação de aço, sob o argumento de que é necessária para a defesa da segurança nacional. A China é o principal foco da investigação, mas abrange todos os países que exportam o metal para os EUA, inclusive o Brasil. O prazo para a conclusão do estudo é de 270 dias.
"Vamos retomar novas barreiras sobre as importações de aço, não vamos deixar mais nenhum país tirar vantagem sobre nós", afirmou Trump.
O presidente americano reiterou que o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) é um "desastre" e que em 20 dias trará novidades sobre o que será feito em relação ao acordo.
Ele também voltou a criticar o Canadá sobre as políticas de proteção ao produtores de leite do país.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia