Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de abril de 2017. Atualizado às 23h49.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Reino Unido

Notícia da edição impressa de 19/04/2017. Alterada em 18/04 às 23h47min

Primeira-ministra quer antecipar eleições gerais para 8 de junho

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou ontem que irá convocar eleições gerais antecipadas para o dia 8 de junho, afirmando que o governo tem o plano correto para negociar os termos da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) e precisa de união política em Londres. A iniciativa, caso seja vitoriosa, lhe dará maior margem de manobra para as negociações sobre o Brexit.
"Precisamos de uma eleição geral e precisamos agora", disse a primeira-ministra, que necessita da aprovação do Parlamento para convocar a eleição antecipada. May tem maioria parlamentar de 17 legisladores. Pesquisas de opinião sugerem que ela poderá ampliar esse apoio em uma eleição. Com isso, teria mais campo de manobra nas discussões com a UE e ficaria menos dependente do apoio dos eurocéticos de seu Partido Conservador, que defendem um rompimento completo com o bloco.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia