Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de abril de 2017. Atualizado às 09h31.

Jornal do Comércio

Guia do Imposto de Renda 2017

COMENTAR | CORRIGIR

Rendimentos

Alterada em 13/04 às 09h32min

Atrasados pagos em 2016 entram na declaração

Veja como detalhar os valores atrasados de 2016. 
1º passo
Na ficha “Rendimentos Recebidos Acumuladamente”, clique em “Novo”
2º passo
  • Escolha a opção de tributação “Exclusiva na Fonte”.
Depois, informe:
  • o nome e o CNPJ da fonte pagadora
  • o imposto que foi descontado, se houver
  • o mês em que recebeu
  • o número de meses a que o valor se refere
Não esqueça:
  • Os atrasados do INSS são declarados na ficha “Rendimentos Recebidos Acumuladamente”
  • Atrasados de aposentadorias por invalidez ou auxílios-doença não têm cobrança de IR e devem ser declarados em “Rendimentos Isentos”
Honorários do advogado:
  • Desconte o valor pago ao advogado antes de preencher a ficha de rendimentos acumulados
  • Informe o valor pago dos honorários na ficha "Pagamentos Efetuados", nas linhas 60, 61 ou 62
NÃO SE ESQUEÇA DE DECLARAR
  • Os valores da conta-corrente ou da poupança em 31/12/2015 e 31/12/2016, na ficha “Bens e Direitos”
  • O rendimento da poupança, na ficha “Rendimentos Isentos”
  • As dívidas com consignados e outros empréstimos acima de R$ 5.000, na ficha “Dívidas e Ônus Reais”
  • A casa e o carro que estiverem no seu nome
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia