Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de abril de 2017. Atualizado às 17h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

20/04/2017 - 17h22min. Alterada em 20/04 às 17h24min

Ouro fecha em leve alta em Nova Iorque, em sessão volátil

O ouro fechou com ganhos modestos nesta quinta-feira (20) após oscilar entre ganhos e perdas. A cautela com o primeiro turno eleitoral na França influiu, mas sem propiciar grandes movimentos neste pregão.
O ouro para entrega em junho fechou em alta de US$ 0,40 (0,03%), a US$ 1.283,80 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
A demanda pelo ouro continuou presente, dias antes da votação na França. Há cautela nos mercados com as intenções de votos de alguns candidatos críticos da zona do euro. A primeira colocada na maioria das pesquisas é Marine Le Pen, da Frente Nacional, de extrema-direita e que diz que deseja retirar o país da zona do euro.
No câmbio, o dólar esteve um pouco mais fraco ante várias divisas durante o pregão, o que ajudou a demanda, já que nesse caso o metal fica mais barato para os detentores de outras moedas.
Analista da FastMarkets, Williams Adams afirmou que os preços devem continuar com volatilidade no mercado de ouro, antes da votação de domingo na França. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia