Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de abril de 2017. Atualizado às 15h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Investimentos

20/04/2017 - 15h21min. Alterada em 20/04 às 15h21min

Tesouro Direto bate novo recorde de aplicações e soma R$ 43,6 bi em estoque

Com novo recorde de aplicações em março, o estoque de operações no Programa Tesouro Direto chegou a R$ 43,6 bilhões, de acordo com balanço divulgado nesta quinta-feira (20) pelo Tesouro Nacional. Em um ano, o crescimento da modalidade de investimento é de 48,6%, ante o saldo de R$ 29,3 bilhões registrado em março de 2016.
No mês passado, as compras de títulos públicos no programa chegaram a R$ 2,65 bilhões, o maior volume da série histórica. O valor médio por operação foi de R$ 19.709,09, mas 61,2% das aplicações tiveram valor igual ou inferior a R$ 5 mil. Segundo o órgão, isso "evidencia a utilização do programa por pequenos investidores".
Os títulos mais demandados em março foram os indexados à Selic (Tesouro Selic), com uma fatia de 43,5%. Os papéis atrelados ao IPCA (39,9%) e os prefixados (16,6%) apareceram na sequência.
Já os resgates de títulos no Tesouro Direto totalizaram R$ 2,38 bilhões no mês passado, sendo R$ 1,544 bilhão em vencimentos de papéis atrelados à Selic e R$ 838,8 milhões em recompras.
A base de investidores inscritos no Tesouro Direto aumentou 86,5% nos últimos 12 meses e chegou a 1,321 milhão em março. Desse total, 461,5 mil estão ativos, ou seja, detêm aplicações.
O Tesouro destacou que a campanha direcionada para o público feminino na semana do dia 8 de março elevou a quantidade de inscrições de mulheres no programa. Em março, elas representaram 68,6% dos novos investidores cadastrados, ante 31,9% no mês anterior.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia