Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de abril de 2017. Atualizado às 18h49.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tributos

Alterada em 19/04 às 18h50min

A nove dias do prazo final, mais de 14 milhões ainda não declararam

A nove dias do prazo final para o acerto de contas com a Receita Federal, mais de 14 milhões de brasileiros ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda relativa ao ano de 2016. Segundo a Receita, 13,861 milhões de declarações foram entregues até às 18h desta quarta-feira, dia 19. São esperadas 28,3 milhões de declarações este ano.
O período de declaração, que começou em 2 de março, terminará em 28 de abril, sexta-feira da próxima semana. Contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.
São obrigadas a declarar o IR as pessoas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado ou quem registrou rendimentos isentos ou tributados exclusivamente na fonte em montante superior a R$ 40 mil. Outras situações também exigem a declaração anual, como: quem tem propriedade de bens ou direitos, inclusive terra, em valor superior a R$ 300 mil; quem recebeu receita bruta de atividade rural superior a R$ 142.798,50 no ano passado ou ainda quem obteve ganho ao vender bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto ou ao realizar operações em bolsas de valores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia