Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de abril de 2017. Atualizado às 11h22.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura

Alterada em 19/04 às 11h25min

China adota novas medidas de redução de impostos para empresas

A China adotou novas medidas para reduzir impostos para empresas, segundo comunicado divulgado hoje pelo Conselho Estatal do país, que equivale ao gabinete.
Em reunião presidida pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, o conselho anunciou que vai eliminar o imposto de valor agregado de 13% a partir de 1º de julho, mantendo outras três categorias de IVA, de 17%, 11% e 6%.
Produtos agrícolas e gás natural, que antes pagavam IVA de 13%, passarão a ser taxados em 11%.
O conselho também decidiu reduzir impostos de pequenas empresas.
No ano fiscal de 2017, a renúncia de impostos totalizará 380 bilhões de yuans (US$ 55,18 bilhões). 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia