Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de abril de 2017. Atualizado às 00h50.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 20/04/2017. Alterada em 19/04 às 19h05min

Futuro do Brasil

A cada revelação dos delatores da Odebrecht sobre as propinas pagas aos políticos dos grandes partidos, nossa aspiração de sociedade civilizada é severamente ofendida. O suado dinheiro dos pesados impostos que todos pagamos, das mais diversas formas, muitas vezes sem perceber, foi desviado para beneficiar empresas corruptoras e alimentar a sede de poder e riqueza dos líderes mais representativos da política nacional. O apodrecimento do sistema político e a generalização da repugnância aos seus representantes não ajudam o futuro da nossa democracia. No ambiente das liberdades democráticas, da diversificação das mídias e da efetividade das investigações que avançamos da inércia secular que preservava a mais absoluta impunidade para uma institucionalidade imperfeita, porém progressivamente atuante, capaz de condenar e punir dezenas de políticos e empresários que roubaram o dinheiro público. Além de ressoar indignação e protestos de todo o tipo, diante da realidade descortinada na última semana, resta-nos viabilizar o futuro do País, construindo alternativas éticas. (Luís Augusto Fialho de Fialho, bancário, especialista em Gestão Pública, Porto Alegre)
Invasão do Congresso
Invadir o Congresso está virando uma bagunça nacional. E quando a ação é promovida por guardiões da segurança pública, isso é intolerável. Ainda mais quando grupo de policiais estava dentro do prédio, sendo recebido pelos parlamentares. (Nataniel Marquez de Souza, Porto Alegre)
Reforma agrária
O governo deles (PT) ficou 13 anos no poder e não fez a reforma agrária que pediam? Daí voltam a invadir prédios públicos? Isso está errado. E é a marca de um País que perdeu a moral. Vamos respeitar as leis e, depois, pedir ações do governo. (Saulo Pereira da Silva, Porto Alegre)
Litoral
Larápios estão atacando as moradias de veraneio justamente após os feriadões, e temos mais um neste fim de semana. Agora, após a Páscoa, muitas casas foram arrombadas. Preferem levar, geralmente, televisores modernos, tela fina, leves, e micro-ondas. Por que, só eles sabem, mas, talvez, para trocar por drogas. (Ingrid Peçanha, Capão da Canoa/RS)
Carros caros
Não conseguem fazer publicidade de carros esportivos a não ser colocando-os passando pela beira do mar, em lagunas, em terrenos embarrados e bem acidentados. Será que alguém compra um carro caríssimo para fazer isso? Se compra, está botando dinheiro fora. (Antônio Maria de Freitas, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia