Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de abril de 2017. Atualizado às 00h01.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

Gastronomia

homem na cozinha

Notícia da edição impressa de 07/04/2017. Alterada em 06/04 às 16h46min

Duas sugestões para a Semana Santa

CAMIL/DIVULGAÇÃO/JC
A uma semana do feriadão de Páscoa, época em que o consumo de pescados quebra recordes, não há como fugir a receitas que incluam esses saudáveis alimentos. Começamos hoje com uma clássica paella; na próxima quinta-feira, apresentaremos sugestões de bacalhau com batatas ao murro e de restaurantes.
Paella marinera
Ingredientes (quatro porções):
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 cebola média picada
  • 2 tomates médios sem sementes e picados
  • 1 colher (sopa) de pimentão vermelho picado
  • 1 colher (sopa) de pimentão verde picado
  • 1 xícara (chá) de arroz
  • 100 g de mariscos sem concha
  • 100 g de lulas cortadas em anéis
  • 50 g de vôngoles sem concha
  • 2 colheres (chá) de sal
  • açafrão em pó ou em pistilo
  • 3,5 xícaras (chá) de caldo de camarão fervente
  • 100 g de camarões pequenos e limpos
  • 3 colheres (sopa) de ervilhas congeladas
  • 1 pimentão vermelhos cortados em tiras finas
  • 6 camarões médios cozidos
  • 6 vôngoles com conchas
  • 6 mariscos com conchas
  • cheiro verde picado
Modo de preparar:
1-Em uma paellera ou frigideira grande e funda, aquecer azeite em fogo médio, fritar alho e cebola até dourarem levemente. Juntar tomates, pimentões e refogar por dois minutos.
2-Acrescentar arroz, mariscos, lulas, vôngoles, sal, açafrão e três xícaras (chá) de caldo de camarão. Tampar a panela com papel alumínio, baixar o fogo e cozinhar por 10 minutos.
3-Adicionar o restante do caldo, camarões, ervilhas e cozinhar por mais cinco minutos. Retirar do fogo e decorar com tiras de pimentão vermelho, camarões, vôngoles e mariscos com concha e cheiro-verde.
4-Tampar novamente a panela e descansar por cinco minutos. Servir em seguida.

via e-mail

via e-mail - quarta nota
Laje de Pedra retoma sua temporada de feijoadas
CLEITON THIELE/DIVULGAÇÃO/JC
Neste sábado, o Lorita recebe, com o charme de sempre, os admiradores de Paulo Gasparotto, que festeja 50 anos de colunismo social. O almoço terá suspiro de alho poró com lâminas de legumes, tournedo ao creme de nozes e aspargos, ou linguado ao molho de bergamotas e cardamomo. Com sobremesa, R$ 125,00. Reservas: 3264-6000.
A foto é de um bacalhau à Gomes de Sá (R$ 76,00), uma das sugestões de pescados que o restaurante da Estalagem La Hacienda somou a seu menu para a Semana Santa. Almoço e jantar dias 13, 14 e 15 de abril, almoço de Páscoa no domingo. Reservas e informações: (54) 3295-3025 ou (54) 99171- 7798.
Iaiá Bistrô promove exposição Fios De Ariadne, do artista plástico porto-alegrense João Drummond. Da cozinha, bem, dali saem outras obras de arte, como a coleção de moquecas da casa. Rua Chavantes, 636, Vila Assunção.
No sábado, dia 14, o Laje de Pedra retoma sua temporada de feijoadas, a partir de 12h30min. Como sempre, aberta ao público com carnes tentadoras (foto) e amplos bufês de entradas, acompanhamentos e sobremesas.
Boa surpresa: nova loja da Torta de Sorvete, na rua Dinarte Ribeiro 148 (tel. 3346-1616), na entrada da galeria Casa Prado. O cartaz informa que opera de terças-feiras a domingos, das 10h às 19h, com algumas mesinhas e bancos altos para degustação.
Diga lá, essa imagem não lhe desperta apetite? É apenas um detalhe do que faz La Gourmandise, pâtisserie do novo lobby do The St. Regis, em Bal Harbour. Ela alega ter a maior variedade de chás de Miami - 30 sabores personalizados -, mais éclair, macarons, croissants, bombons e tartines.
Natalício foi embora da praça Maurício Cardoso - aquele negócio de feijoada e samba aos sábados, no Moinhos de Vento, não colou. Mas segue forte em outros endereços - será na Champanharia do Iguatemi o lançamento do primeiro Miolo da safra 2017, o Gamay Nouveau.
Da série "Perdas que Lamento": o Gáltcho, na esquina da avenida Mercedes, que em sua derradeira fase tinha um dono que gostava de cozinhar - e bem. Investiu muito na reforma, utilizava ingredientes de primeira, tinha um bom staff (foto), só não tinha como ser barato - daí não resistiu ao verão.
Outra baixa significativa, na longa relação de bons restaurantes engolidos pela crise econômica em que submergiram o Brasil: o Lanai, único havaiano da cidade, com ótima cozinha e serviço a la carte. Em seu lugar, lá no finzinho da av. Nova York, está surgindo uma choperia chamada Roo Hoo.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia