Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de abril de 2017. Atualizado às 08h30.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 17/04/2017. Alterada em 16/04 às 20h35min

A Capital do Guaíba I

BRUNO PRISCO/DIVULGAÇÃO/JC
Bonito, não? Lembra a velha falácia de que é o muro que separa Porto Alegre do Guaíba. Não é o muro que separa Porto Alegre do Guaíba, é a falta de políticas de aproximação, do deslanche do Cais Mauá e de marinas públicas. Inclusive há um bom apelo para patrocínios, já que uma vela é um outdoor que navega. Enquanto isso, os clubes náuticos, como o Jangadeiros, que tem 75 anos de fundação, fazem sua parte.

A Capital do Guaíba II

O interessante é que tanto o Jangadeiros, quanto o Veleiros do Sul e o Iate Clube de Porto Alegre foram fundados pela mesma pessoa, o empresário e desportista Leopoldo Geyer, que sucedeu o pai no comando da Casa Masson, uma das joias da coroa da Porto Alegre dos belos tempos. Geyer era um homem notável, enxergava o Guaíba como uma dádiva da natureza para ser usada como modal de transporte, de turismo e de esportes náuticos.

Apaguem a luz

Se é comum a prática do caixa-2 em todos os partidos, segundo Emilio Odebrecht, por via de consequência o dinheiro irrigado para os candidatos destes partidos significa que todo o universo de políticos brasileiros (exceções à parte) deveria fazer parte de uma lista que iria do Oiapoque ao Chuí em tamanho. Então, é melhor apagar a luz.

A avó das bombas

Ao contrário do que se diz, não foi a primeira vez que os norte-americanos jogaram a "mãe de todas as bombas" em cenário de guerra. A superbomba de 10 toneladas é a filha. A mãe, também chamada de GBU, foi usada na Guerra do Vietnã nos anos 1960 para abrir vasta clareira na floresta fechada, para descida de helicópteros com soldados e suprimentos. Foi chamada de Daisy Cut, ou margarida desfolhada, em tradução livre.

Alerta oportuno

Até 2020, um filho de cada família brasileira será enterrado vítima de acidente de trânsito. O alerta é da deputada federal do Paraná, Christiane Yared (PR), que exigiu das autoridades mais atenção para o tema. Christiane chama atenção para o fato de que parlamentares ficam pedindo atenção à febre amarela ou exigindo verbas para rodovias sem se dar conta dessa tragédia diuturna. A deputada paranaense tem toda razão.

Calendário de depoimentos

Mais polvadeira ou mais do mesmo? Amanhã, devem ser interrogados pelo juiz Sérgio Moro, sobre doações não contabilizadas à chapa Dilma-Temer, Antônio Palocci (PT); na quarta, quem depõe é Léo Pinheiro, da OAS, que vai falar sobre um certo sítio em Atibaia (SP). Na próxima segunda-feira, dia 24, serão ouvidos o publicitário João Santana e sua mulher, Mônica Moura, sobre o caso. Provisoriamente, é essa a agenda.

Os detalhes que seduzem

Todos os delatores deram nos depoimentos dias, horas, locais e até detalhes da decoração da sala onde se concretizou a reunião que resultou na entrega do dinheiro oriundo do caixa-2 para os políticos listados. Na cabeça do povo, essa é a prova provada de que o citado tem culpa no cartório. E também impressiona quem interroga o delator, que obviamente precisa mostrar serviço. Claro que, depois, precisa achar esse dinheiro ou em que foi aplicado.

Plano Diretor

A revisão do Plano Diretor de Porto Alegre será um dos grandes debates da cidade neste ano. A Associação Comercial (ACPA) saiu na frente e fará, amanhã, durante o Menu Porto Alegre, um painel sobre o tema. Participam o presidente do IAB-RS, Rafael Passos; a supervisora de Desenvolvimento Urbano da prefeitura, Patrícia da Silva Tschoepke; e Antônio Carlos Zago, representante do Sinduscon. A mediação será do jornalista Guilherme Kolling, secretário de Redação do JC.

Miúdas

  • QUE fim levaram as sobras de campanha tão famosas no passado? Não sobrou mais?
  • TALVEZ seja porque, mesmo com caixa-2, os partidos também precisam cuidar do caixa-1.
  • PELO visto, teremos listas até o final do ano. Enquanto isso, a economia titubeia com o fragor da batalha.
  • ÍNDIA superlativa: a empresa aérea IndiGo (40% do mercado) estabeleceu uma marca histórica de 900 voos diários.
  • COM os três feriadões seguidos, finalmente o assalariado conseguiu reduzir sensivelmente sua jornada de trabalho.

Finais

  • RICARDO Breier, presidente da OAB-RS, será o palestrante do Tá na Mesa, da Federasul, na quarta-feira. Tema: Brasil, liberta-te.
  • LANÇAMENTO do The Best Jump 2017 será nesta quarta-feira/11h30min/Dado Bier do Bourbon Country.
  • JOSÉ Miguel Chatkin, chefe do Serviço de Pneumologia do Hospital São Lucas, da Pucrs, participou da European Respiratory Society com um projeto antitabagismo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
jorge martinez 17/04/2017 22h40min
olhando um mapa do rs fiquei pensando onde começa o tal rio guaiba e onde termina e começa a lagoa dos patos , se esse rio existe deve ser o menor rio do mundo ele e formado por quais os rios ou tem uma nascente ou seria tudo a lagoa dos patos