Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de abril de 2017. Atualizado às 21h52.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 20/04/2017. Alterada em 19/04 às 16h58min

Diálogo de rupturas

Exposição Uma linha no tempo, de Bebeto Alves, em cartaz na Biblioteca Sicredi

Exposição Uma linha no tempo, de Bebeto Alves, em cartaz na Biblioteca Sicredi


BEBETO ALVES/DIVULGAÇÃO/JC
O músico Bebeto Alves, recentemente lançado à carreira de artista visual, entende a fotografia como uma forma de contar histórias. "Uma narrativa é um desafio quando se trata somente de imagens estáticas, quando não existem palavras e o movimento é o do olhar, da percepção - quando não é cinema", afirma. Uma seleção de suas obras está em exposição na Biblioteca Sicredi (Assis Brasil, 3.940), sob o título Uma linha no tempo. A visitação vai até 17 de maio, das 9h às 18h, com entrada franca. 
Para essa sequência de rupturas de um período contínuo, Bebeto escolheu imagens diversas de tempos diferentes, mas que se completassem, ou melhor, que dialogassem umas com as outras - se apoiando, contando suas próprias histórias, em suas próprias linhas de tempo, pra forjar um tempo outro, um tempo seu. Dessa forma, se reconstrói o movimento e o espaço imaginado, na percepção do artista-fotógrafo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia