Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de abril de 2017. Atualizado às 21h52.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Opinião

Notícia da edição impressa de 20/04/2017. Alterada em 19/04 às 20h34min

Programa de parcerias de investimentos: o caminho entre a teoria e a prática

* Claudia Bonelli ** Ana Cândida de Mello Carvalho ***Barbara Mori
Cinco meses após a realização da primeira reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), os projetos que compõem o pacote de concessões e privatizações anunciado pelo governo federal começam a sair do papel.
Criado pela Lei Federal nº 13.334/2016 (resultante da conversão da primeira medida provisória editada no âmbito do governo interino de Michel Temer, a MP nº 727/2016), o PPI se mostra arrojado e pretende consolidar a interação entre a administração pública e a iniciativa privada de maneira a criar um ambiente favorável à ampliação do desenvolvimento econômico e à reorganização da economia nacional.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia