Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de abril de 2017. Atualizado às 21h47.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Fala Profissional

Notícia da edição impressa de 12/04/2017. Alterada em 11/04 às 21h12min

Quais são as consequências da decisão da exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins?

JC - Contabilidade

na foto: Robson Gass de Oliveira, Gerente de Auditoria da Schimitt Auditores S/S

JC - Contabilidade na foto: Robson Gass de Oliveira, Gerente de Auditoria da Schimitt Auditores S/S


/ANTONIO PAZ/ARQUIVO/JC
O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) por maioria de votos, em sessão de 15 de março de 2017, decidiu que o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) não integra a base de cálculo do PIS e da Cofins - Recurso Extraordinário nº 574.706, com repercussão geral reconhecida, ou seja, aplicável a todas as instâncias jurídicas.
As empresas devem ingressaram com a ação, o mais rápido possível, visto que as que já possuem ação em andamento ou ajuizarem até o trânsito em julgado da decisão poderão garantir a recuperação de tais valores dos últimos anos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia