Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de março de 2017. Atualizado às 10h35.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

STF

20/03/2017 - 10h40min. Alterada em 20/03 às 10h41min

Cármen Lúcia é recebida com protesto na PUC em Minas Gerais

Cerca de 50 manifestantes faziam protesto na manhã desta segunda-feira (20), em frente à Pontifícia Universidade de Minas Gerais (PUC-MG) onde a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, profere palestra pela manhã.
Na entrada da universidade, a ministra passou por faixas questionando o posicionamento do STF em relação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e ouviu gritos de "golpista". Dentro do auditório, no entanto, Cármen Lúcia foi aplaudida em pé.
A ministra faz palestra em aula inaugural da Faculdade Mineira de Direito (FMD), da PUC, da qual é professora licenciada. O título da palestra é "O Papel do Supremo Tribunal Federal na Consolidação da Democracia".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia