Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de março de 2017. Atualizado às 22h32.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 14/03/2017. Alterada em 13/03 às 22h36min

Sem 'grenalização' pelo Centro Histórico

Idenir Cecchim
A atual situação do Centro Histórico de Porto Alegre está um verdadeiro absurdo. O trabalho informal se propaga sem fronteiras, e nossas calçadas ficam praticamente intransitáveis, gerando uma questão não apenas de humanidade, mas de higiene. Não podemos mais permitir isso!
Tenho vasto conhecimento no tema, pois, no período em que fui titular da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic), promovi diversas ações visando ao desenvolvimento econômico e social da Capital: o combate à pirataria, a geração de emprego e renda, a qualificação de mão de obra e a redução da burocracia na abertura de novas empresas, com a criação do Alvará na Hora e o Provisório.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia