Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de março de 2017. Atualizado às 23h02.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Notícia da edição impressa de 20/03/2017. Alterada em 19/03 às 22h36min

Trump 'não ouviu' pedido para apertar mão de Merkel, diz assessor

O porta-voz de Donald Trump desmentiu que o presidente norte-americano tenha se negado deliberadamente a apertar a mão de Angela Merkel diante das câmeras durante um encontro em Washington. Na sexta-feira, quando os dois líderes estavam sentados lado a lado no Salão Oval da Casa Branca, Merkel propôs a Trump, a pedido dos fotógrafos, mais um aperto de mãos, mas o presidente não respondeu ao pedido. 
O fato de ele não ter ouvido ou ter ignorado a chanceler foi considerado pelos meios de comunicação alemães como sintomático da atmosfera geral do encontro, durante o qual apareceram claramente divergências sobre a imigração, o comércio ou os gastos militares da Otan. O jornal Bild considerou "improvável" que Trump não tenha ouvido o pedido da chanceler.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia