Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 15h41.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

serviços

Alterada em 14/03 às 15h43min

Nova guia para o IPTU é oferecido pela prefeitura

A Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre está encaminhando nesta semana uma nova guia para pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O objetivo é atender à demanda de contribuintes que perderam o prazo de pagamento da primeira parcela, que venceu no dia 8 de março. A nova guia tem data de vencimento em 31 de março, e as seguintes serão encaminhadas mensalmente.
Dessa forma, o contribuinte pode se regularizar evitando a incidência de maiores juros, negativação em cadastros de proteção ao crédito e a cobrança judicial.
Caso o contribuinte deseje quitar o IPTU 2017 em parcela única ou deseje negociar IPTU atrasado de anos anteriores também é possível, basta acessar o site da Secretaria Municipal da Fazenda(http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smf/) ou comparecer à Loja de Atendimento da SMF (Trav. Mário Cinco Paus, s/nº) em dias úteis, das 9h às 16h.
O documento também pode ser acessado no site www.portoalegre.rs.gov.br/iptu2017 informando a inscrição do imóvel ou o endereço. Os pagamentos podem ser feitos nos bancos conveniados - Caixa Econômica Federal, Banrisul, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Citibank, Santander e Sicredi - ou em casas lotéricas, até R$ 1 mil por guia. Os contribuintes que desejarem cadastrar a cobrança em débito em conta devem contatar a Loja de Atendimento da Secretaria Municipal da Fazenda.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia