Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de março de 2017. Atualizado às 23h05.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

18/03/2017 - 22h51min. Alterada em 18/03 às 23h07min

De virada Ypiranga vence o Novo Hamburo e sai da zona do rebaixamento

Canarinho segue na luta por uma das vagas aos playoffs

Canarinho segue na luta por uma das vagas aos playoffs


Ypiranga/Divulgação/JC
Jogando nos seus domínios o Ypiranga conquistou uma importante vitória para sair da zona de rebaixamento a divisão de acesso. Neste sábado (18), no estádio Colosso da Lagoa, o canarinho venceu o líder Novo Hambrgo por 2 a 1.
Para delírio dos fãs, o triunfo veio de virada. O elenco anilado largou na frente aos 12 minutos, quando Branquinho aproveitou um bate-rebate na área rival e arrematou para a meta. Na etapa complementar, Léo Carioca anotou contra o próprio arco para empate do Ypiranga, aos 12 minutos. A virada veio três minutos depois, Maucon sofreu a carga dentro da área. Leandro Vuaden assinalou o penal. Talles Cunha cobrou no canto esquerdo e garantiu a alteração do Ypiranga em cima do líder Novo Hamburgo.
A vitória tira o time verde amarelo da zona do rebaixamento e mantém viva a chance de classificação aos playoffs. O Ypiranga ocupa a décima posição com sete pontos. O próximo jogo será no dia 22 de março, quando a equipe recebe o Internacional.
Apesar da derrota, o Novo Hamburgo segue na liderança com 18 pontos. O time volta ao relvado também no dia 22, quando recebe o Grêmio, em casa.
Ypiranga 2 x 1 Novo Hamburgo
Carlão; Márcio, Negretti, Wagner e Vinícius; Artur (Henrique), Araújo (Evair), Éder, Kaio (Franc) e Talles; Maycon. Técnico: Guilherme Macuglia.
Matheus; Léo (Renan), Júlio Santos, Léo Carioca e Assis; Amaral, Jardel, Preto (Conrado) e Juninho; Branquinho (Lucas Santos) e João Paulo. Técnico: Beto Campos.
Árbitro: Leandro Vuaden
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia