Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de março de 2017. Atualizado às 23h50.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

inter

Alterada em 02/03 às 23h51min

Internacional confirma contratação do zagueiro argentino Cuesta

A diretoria do Internacional enfim confirmou a contratação do zagueiro argentino Víctor Cuesta na noite desta quinta-feira. Ele vai assinar contrato de quatro anos se for aprovado nos exames médicos, nesta sexta, após desembarcar em Porto Alegre, por volta do meio-dia.
O acerto com Cuesta já era esperado desde o início da semana. Mas somente nesta quinta pôde ser confirmado. Caso seja liberado pelos testes físicos, o argentino deverá ser apresentado no início da próxima semana, depois da disputa do Gre-Nal, que não disputará no fim de semana, pelo Estadual.
Cuesta foi formado na base do Arsenal de Sarandi e, aos 28 anos, sempre jogou no futebol argentino, entre passagens pelo Defensa y Justicia, Huracán e Independiente, onde teve maior destaque. Acabou ganhando chances na seleção argentina e até disputou a última Copa América, nos Estados Unidos, no ano passado. Também atuou na equipe olímpica, sendo o capitão da seleção nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
O argentino é o novo reforço contratado pelo Inter neste ano, em que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro. No total, é o terceiro zagueiro. Antes de Cuesta, o clube gaúcho contratou os zagueiros Klaus e Neris, o lateral-direito Alemão, os laterais-esquerdos Uendel e Carlinhos, e os atacantes Roberson, Carlos e William Pottker, que se apresentará ao time no fim dos Estaduais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia