Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 22h45.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 15/03/2017. Alterada em 14/03 às 22h41min

A prioridade é compartilhar

O Instituto Akatu está lançando uma campanha "Quero Compartilhar", que informa e convida a população a priorizar o compartilhamento de bens em vez de sua aquisição. Na era da Economia Colaborativa, o verbo não é mais "possuir", mas "usufruir". Entram em cena serviços como assinatura de roupas e aluguel de carros elétricos, além de plataformas de compartilhamento de casas, veículos, entre outros, que permitem acesso aos bens sem a necessidade de ter sua propriedade. O Akatu nasceu há 16 anos, no dia 15 de março - dedicado ao consumidor -, para promover a sensibilização e mobilização da sociedade para o consumo consciente. A propósito, uma pergunta: já pensou quanto tempo o carro fica parado sem uso na sua vida útil?
Sobrado histórico
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia